A FESTA E SUAS MANIFESTAÇÕES: AS MANIFESTAÇÕES DO SAGRADO E O PROFANO NA FESTA DA FAZENDA COCAL

Autores

  • Gilmar José Ribeiro Mestrando em Geografia, UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG71815421

Palavras-chave:

Fazenda Cocal, Folia de Reis, Sagrado, Profano

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar uma reflexão a cerca das manifestações do Sagrado e o profano na festa da fazenda Cocal localizada em Mutum, no município de Estrela do Sul. A Festa de Reis realizada na Fazenda Cocal é uma maiores manifestações culturais e religiosas que acontece na região. O sagrado e o profano, na Região de Mutum, são realmente dois momentos diferentes, uma vez que durante a Festa de Reis é claramente perceptível a sacralidade que toma conta do ambiente, envolvendo as pessoas, por meio dos objetos e dos rituais que fazem parte da festa. Tal sacralidade caracteriza as relações religiosas que ocorrem no âmbito das festividades; os sentimentos de religiosidade, fé e devoção afloram nesse momento, a aura divina, manifestada através da Festa de Reis. A continuidade da festa na região atualmente é sustentada pela iniciativa e devoção de fies como o Sr. Amâncio e sua família que tradicionalmente assumiram a festa e tem como objetivo que a mesma passe de geração para geração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

20-06-2006

Como Citar

RIBEIRO, G. J. A FESTA E SUAS MANIFESTAÇÕES: AS MANIFESTAÇÕES DO SAGRADO E O PROFANO NA FESTA DA FAZENDA COCAL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 7, n. 18, p. 96–109, 2006. DOI: 10.14393/RCG71815421. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15421. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos