REVISITANDO A QUESTÃO REGIONAL NA CAMPANHA GAÚCHA: A INCORPORAÇÃO DE NOVOS ELEMENTOS NO PÓS 1990

Autores

  • Marcelo Cervo Chelotti Doutorando do Programa de Pós-graduação em Geografia - UFU, Bolsista FAPEMIG

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG71715399

Palavras-chave:

Questão regional, Reforma agrária, Campanha Gaúcha

Resumo

Ao entrar no século XXI, a Campanha Gaúcha ainda permanecia com características centenárias, como a existência do espaço latifundiário, herdado das antigas sesmarias, ao mesmo tempo em que foram incorporados novos elementos nesse espaço regional, responsáveis por significativas transformações socioeconômicas, como a expansão da lavoura moderna do arroz irrigado no decorrer da década de 1970 em áreas de pecuária extensiva e, o acirramento da luta pela terra na década de 1990, onde foram instalados dezenas de assentamentos rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25-02-2006

Como Citar

CHELOTTI, M. C. REVISITANDO A QUESTÃO REGIONAL NA CAMPANHA GAÚCHA: A INCORPORAÇÃO DE NOVOS ELEMENTOS NO PÓS 1990 . Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 7, n. 17, 2006. DOI: 10.14393/RCG71715399. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15399. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos