O USO DE DADOS DO SENSORIAMENTO REMOTO COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DA CARTOGRAFIA NA GEOGRAFIA

Autores

  • Adriany de Ávila Melo Profa. MSc. do Instituto de Geografia - UFU
  • Paulo Márcio Leal de Menezes Prof. Dr. UFRJ/Laboratório GeoCart
  • Carla Madureira M Cruz Profa. Dra. UFRJ/Laboratório Espaço
  • Antônio Carlos Freire Sampaio Prof. Dr. da UNIMINAS
  • Rosana de de Ávila Melo Silveira Profa. MSc. Rede Pública Estadual de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG51315355

Palavras-chave:

Ensino de Geografia, Fotografia Aérea, Recurso Didático

Resumo

O início da aprendizagem da Cartografia na Geografia deve considerar os níveis de abstração mínimos de cada pessoa. Deve também utilizar instrumentos que sejam familiares aos alunos, como por exemplo, num primeiro momento, as fotos obtidas a partir de máquinas fotográficas convencionais, e em outro momento as fotografias aéreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-10-2004

Como Citar

MELO, A. de Ávila; MENEZES, P. M. L. de; CRUZ, C. M. M.; SAMPAIO, A. C. F.; SILVEIRA, R. de de Ávila M. O USO DE DADOS DO SENSORIAMENTO REMOTO COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DA CARTOGRAFIA NA GEOGRAFIA. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 5, n. 13, p. 89–102, 2004. DOI: 10.14393/RCG51315355. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15355. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos