Diagnóstico ambiental e avaliação da capacidade de suporte das praias do bairro de Itapoã, Salvador, Bahia / Environmental diagnosis and capacity analyzes of Itapoã's neighborhood, Salvador, Bahia
PDF

Como Citar

REIMÃO SILVA, I.; RODRIGUES DE SOUZA FILHO, J.; BARBOSA, M.; REBOUÇAS, F.; SOUZA MACHADO, R. A. Diagnóstico ambiental e avaliação da capacidade de suporte das praias do bairro de Itapoã, Salvador, Bahia / Environmental diagnosis and capacity analyzes of Itapoã’s neighborhood, Salvador, Bahia. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 21, n. 1, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/9473. Acesso em: 15 ago. 2022.

Resumo

O bairro de Itapoã, por seus importantes recursos naturais e grande valor cultural, apresenta um capital simbólico que o destaca dos outros bairros de Salvador. Devido aos seus diversos atrativos, foi um dos principais locais de veraneio em meados do século passado e, nas últimas décadas, vêm sofrendo um processo de urbanização acelerada, resultando na superlotação das praias, poluição e destruição da vegetação nativa. Neste contexto, este artigo pretende avaliar a capacidade de suporte das praias do bairro de Itapoã, de acordo com os limites de tolerância dos seus usuários, fornecendo subsídio para a sua gestão sócio-ambiental. As praias de Itapoã foram divididas em 55 células com 30m de comprimento e, a partir do cálculo da área de cada célula e do número de usuários em cada uma delas, foi estimada a área disponível para cada banhista/recreacionista. A maior parte das praias do bairro estudado apresentou um uso intenso, com 4 a 10 m2 por banhista/recreacionista, aqui considerado como o limite de tolerância para os usuários destas praias. Durante as entrevistas, a sujeira e a falta de estrutura das barracas foram os principais problemas apontados, enquanto que, a facilidade de acesso e a tranqüilidade foram os principais atrativos para a maior parte dos entrevistados.
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...