DIAGNOSTICO SOCIOECONÔMICO, AMBIENTAL E AVALIAÇÃO DAS CARACTERÃ?STICAS MORFOMÉTRICAS DA MICROBACIA DO CÓRREGO ALEGRIA EM UBERABA - MG / Diagnosis socioeconomic, environmental and evaluation of the morphometric characteristics of stream happiness's microbasin in Uberaba - MG
PDF

Como Citar

TORRES, J. L. R.; DA SILVA, T. R.; OLIVEIRA, F. G.; ARAÚJO, G. S.; FABIAN, A. J. DIAGNOSTICO SOCIOECONÔMICO, AMBIENTAL E AVALIAÇÃO DAS CARACTERÃ?STICAS MORFOMÉTRICAS DA MICROBACIA DO CÓRREGO ALEGRIA EM UBERABA - MG / Diagnosis socioeconomic, environmental and evaluation of the morphometric characteristics of stream happiness’s microbasin in Uberaba - MG. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 19, n. 2, 2008. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/9280. Acesso em: 9 ago. 2022.

Resumo

Com objetivo de diagnosticar a deterioração socioeconômica, ambiental e avaliar as características morfométricas da microbacia do Córrego Alegria, visitou-se a área de estudo, aplicando-se questionários numa amostra da população local. A deterioração social (S) é de 46 %, considerado médio, pois o nível de escolaridade, alimentação e as condições de trabalho são bons na região. Para o fator econômico (E) obteve-se 48 %, valor elevado, pois as propriedades são de média a alta produtividade, com renda média variando de 5 a 15 salários mínimos, além de contar com assistência técnica e ser cooperados. Para o fator tecnológico (T) obteve-se 32 %, valor baixo, devido ao tipo de exploração local. Para o fator sócio-econômico (S+E+T) obteve-se 44 %, considerado alto, que deveria limitar as condições de vida do produtor, porém isto não é observado. A deterioração ambiental calculada é de 15%, abaixo do esperado, sendo este valor justificado pela constante fiscalização e investimentos na recuperação da área, principalmente após o acidente ferroviário ocorrido em junho de 2003. A microbacia tem uma forma mais alongada, sendo comprovado pelo Ic de 060, Kc de 0,98 e Kf de 0,15, além da Dd de 1,10 km/km2 e a declividade da bacia de 1,20%. Estes valores associados mostram uma área sem problemas de enchentes e erosões ao longo do Córrego. Os índices obtidos ainda não demonstram uma deterioração ambiental elevada. Palavras-chave: deterioração ambiental; microbacia hidrográfica; morfometria.
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...