Uses of underground water resources in the Hydrographic Circumscription Surrounding the Furnas Reservoir
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

Keywords

Groundwater
Granting
Planning
Multiple uses

How to Cite

DEUS, F. O.; LATUF, M. O. Uses of underground water resources in the Hydrographic Circumscription Surrounding the Furnas Reservoir. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 34, n. 1, 2022. DOI: 10.14393/SN-v34-2022-63520. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/63520. Acesso em: 17 jul. 2024.

Abstract

In the recent decades, there has been an intensification of the use of water resources to meet the various demands of the society and, in this bias, groundwater has been used with a greater frequency and volume, due to the lesser influence of meteorological variations on its availability. On the other hand, the collection of groundwater is more expensive when compared to the surface water, since it depends on geological surveys for its use. In the surroundings of the Furnas reservoir, located in the south of the state of Minas Gerais, Brazil, there are demands for the use of groundwater resources such as irrigation, industry and, human consumption, among others. In this sense, the study aims to understand the spatio-temporal dynamics of underground grants granted in the Hydrographic Circumscription of the Surroundings of the Furnas reservoir in the period from 2001 to 2020, in order to subsidize decision support actions to the management bodies in the various administrative spheres. Therefore, data from underground grants from the Minas Gerais Institute for Water Management were used, where they were processed through electronic spreadsheets and descriptive statistics techniques. On the other hand, the Geographic Information System was used to obtain continuous density surfaces of deferred grants, as well as consumed flows. Results show that 624 underground grants were granted in the study area between 2001 and 2020 and that, from 2013 onwards, there was a significant increase in the amount granted, and the user segments that had the greatest demands represented the supply of public/human consumption and irrigation/agribusiness consumption respectively. In this context, it is essential that the managing body, as well as the Hydrographic Basin Committee around the Furnas Reservoir, carries out the planning and the management in relation to the groundwater resources, in order to avoid future scenarios of conflicts due to the multiple uses of the underground water.

https://doi.org/10.14393/SN-v34-2022-63520
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

References

ALAGO. Associação dos municípios do Lago de Furnas. Cultura e lazer dos municípios do entorno do lago de Furnas. Disponível em: https://www.alago.org.br/alago.asp. Acesso em 5 de setembro de 2021.

ANA. Agência Nacional de Água e Saneamento Básico. Conjuntura Recursos Hídricos Brasil, 2020.

ANA. Agência Nacional de Água e Saneamento Básico. Regulação e Fiscalização. Disponível em: https://www.gov.br/ana/pt-br. Acesso em 18 de julho de 2021.

BOMFIM, L. F. C. Mapa de domínios/subdomínios hidrogeológicos do Brasil em Ambiente SIG: concepção e metodologia. In: XVI Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas. 2010, São Luís. Anais. São Paulo: Revista Águas Subterrâneas, 2010. 18p.

BRASIL, Leis. etc. (1997). Política Nacional de Recursos Hídricos: lei 9.433 de 8 de janeiro de 1997. Dispõe sobre a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 9 de jan.1997.

BRANQUINHO, S. E; VIERA. S. N. A paisagem e a produção do espaço no entorno do lago de Furnas, Sul de Minas Gerais. GEOPAUTA, vol. 4, núm. 4, pp. 113-139, 2020. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. https://doi.org/10.22481/rg.v4i4.6943

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Mudanças de Uso da Terra em Bacias Hidrográficas. ISSN 1517-2627. Dezembro, 2011.

FILHO, F. J. M. Qualidade das águas subterrâneas rasas do aquífero barreiras: estudo de caso em Benevides – PA. Dissertação. Universidade Federal do Pará, 113 pg. 2018.

GOETTEN, W. J. Avaliação da Governança da Água Subterrânea nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Blumenau. 2015. 317f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Engenharia Ambiental, Fundação Universidade Regional de Blumenau.

GODOY, M. J. A reestruturação produtiva e territorial nos municípios de pequeno porte do entorno do Lago de Furnas (MG): (re)funcionalização, transformações e novas dinâmicas. 2017. 140 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Departamento de Geografia, Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

GUTIÉRREZ, R. A. Comitê Gravataí: Gestão participativa da água no Rio Grande do sul. Lua Nova, n. 69, p. 79-121, 2006. https://doi.org/10.1590/S0102-64452006000400005

HIRATA, R. et al. A revolução silenciosa das águas subterrâneas no Brasil: uma análise da importância do recurso e os riscos pela falta de saneamento. São Paulo: Instituto Trata Brasil. 2019.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/panorama

Acesso em 26 de março de 2022.

INMET. Instituto Nacional de Meteorologia. Climas. Disponível em: https://portal.inmet.gov.br/. Acesso em 18 de março 2022.

IGAM. Instituto Mineiro de Gestão das Águas. Outorgas. Disponível em: www.igam.mg.gov.br. Acesso em 20 de maio 2021.

IGAM. Instituto Mineiro de Gestão das Águas. Gestão e situação das águas em Águas em Minas Gerais. Belo Horizonte, 2019.

IGAM. Instituto Mineiro de Gestão das Águas. Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Entorno do lago de Furnas, 2013.

LEITE.C.C.A. Qualidade da água e uso e cobertura do solo em bacias contribuintes do Lago de Furnas (MG): implicações na balneabilidade. Dissertação. Universidade Federal de Minas Gerais, 103 pg. 2020.

LEMOS JÚNIOR, C. B. A implantação da Usina hidrelétrica de Furnas (MG) e suas repercussões: estudo sobre a territorialização de políticas públicas. 2010. 129f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

MARTÍNEZ, M.M., SILVA, S.L.J., LOPES, N. G.Avaliação de Vulnerabilidade das Águas Subterrâneas no Município de Santa Cruz do Sul, RS/Brasil. ISSN 1982-8470 Agro@mbiente On-line, vol.2, no. 1, jan/jun, Boa Vista. 2008.

MINAS GERAIS. Deliberação Normativa Conjunta CERH-COPAM/MG n° 5, de 20 de setembro de 2017. Disponível em http://www.siam.mg.gov.br/sla/download.pdf?idNorma=8151. Acesso em 26 de Julho de 2021.

MINAS GERAIS. INSTITUTO MINEIRO DE GESTÃO DAS ÁGUAS. Portaria Igam nº 48, de 04 de outubro de 2019.

MINAS GERAIS. Política Estadual de Recursos Hídricos. Lei nº 13.199 de 29 de janeiro de 1999.NOGUEIRA, G. I. “Base Legal de Águas Subterrâneas e Identificação das Áreas Potenciais de Conflito para Uso em Minas Gerais”, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 53p., 2010.

RAMOS, S. L. M., MARTINS, C. J., Abordagem preliminar do uso da água subterrânea em minas gerais através do instrumento de outorga. XII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, Belo Horizonte, pg. 14, 2002.

REBOUÇAS, A.C., BENEDITO,B. TUNDISI, J.G. Águas Doces do Brasil: Capital Ecológico, Uso e Conservação. São Paulo : Ed.Escrituras,1999.

SANTOS, F. H. O desenvolvimento econômico de Alfenas e região através do agronegócio do café na região competitiva do sul de minas. Universidade Federal de Alfenas, I Jornada de História Regional José Pedro Xavier da Veiga, p. 15, 2011.

SCOLFORO, J. R. & Carvalho, L. M. T. Mapeamento e Inventário da Flora nativa e dos Reflorestamentos de Minas Gerais. Lavras: Editora UFLA. 288 p.il., 2006.

SIAGAS. Sistemas de Informações de Águas Subterrâneas. 2022. Disponível em: http://siagasweb.cprm.gov.br/layout/. Acesso em 20 de março de 2022.

SISEMA. Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, 2018. Relatório. Disponível em: http: www.meioambiente.mg.gov.br Acesso em 10 de set. de 2021.

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Franciny Oliveira Deus, Marcelo Oliveira Latuf

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...