Diagnosis of civil Construction Waste Management from the reading of the urban landscape
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

Keywords

Environment
Environmental risk
Inadequate provision
Waste

How to Cite

QUAGLIO, R. S.; ARANA , A. R. A. Diagnosis of civil Construction Waste Management from the reading of the urban landscape. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 32, p. 457–471, 2020. DOI: 10.14393/SN-v32-2020-47547. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/47547. Acesso em: 16 apr. 2024.

Abstract

Civil construction can be identified as one of the sectors that most cause impacts to the environment due to exploitation of natural resources and high rate of waste generation. In this context, this study aims to list the main areas of inappropriate disposal of RCD in the municipality of Presidente Bernardes-SP presenting its characteristics and spatial analysis. The methodological procedures for the characterization of the areas were constituted by visits to the disposal points, photographic registration geographical coordinates demarcation and direct observation of the RCD composition. After a detailed investigation of the urban perimeter and accesses of the municipality were demarcated 40 points of irregular disposal that had more than 3 m³ of deposited RCDs. The area of the municipality was subdivided according to the urban features. Class A, 82.5% of Class B, 47.5% of Class C and D were identified in all the analyzed points, it was also verified that 20% of the points had household residues evidencing the power attractiveness of RCDs. From the results it was possible to relate the main areas of irregular disposal, as well as to estimate the volume of waste discarded and its composition, providing subsidies to the implementation of a differentiated management in the municipality.

https://doi.org/10.14393/SN-v32-2020-47547
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

References

ACOSTA, S. As recentes tendências do mercado imobiliário costarriquenho. Revista Geo UERJ. Rio de Janeiro, v. 20, n. 28, p.1-25, 2016.

ALBUQUERQUE, D. M. S. Impacto socioambiental da deposição irregular dos resíduos da construção e demolição na cidade do Recife-PE. 2015. Dissertação (Mestrado em Construção Civil) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Escola Politécnica, Universidade de Pernambuco, Recife, 2015.

BRASIL. Lei nº 12.305 de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, nº 147, p. 3, 03 de ago. 2010.

BARROS, M. V., SOUZA, J. T. Plano de gerenciamento de resíduos sólidos da construção civil: um panorama de análise a partir da Resolução 307 do CONAMA. Revista Gestão Industrial, Ponta Grossa, v. 13, n. 1, p. 139-153, out./dez. 2017.

BENEVOLO, L. História da cidade. Tradução de Silvia Mazza. São Paulo: Perspectiva, 2012.

CARLOS, Ana. Fani. Alessandri. O espaço urbano: novos escritos sobre a cidade. São Paulo, Contexto, 2004.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE (CONAMA); Ministério do Meio Ambiente – Resolução nº. 307 05 de julho de 2002. Diário Oficial da República do Brasil. Brasília. 2002.

CÓRDOBA, R. E. Estudo do sistema de gerenciamento integrado de resíduos de construção e demolição do município de São Carlos - SP. 406 p. Dissertação (Mestrado em Hidráulica e Saneamento) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010.

CÓRDOBA, R. E; MARTINS FILHO, C. A. S; LINO, J. R. Plano de gerenciamento de resíduos da construção civil do loteamento social Morada do Sol. São Luís, MA: FAI-UFSCar, 2014.

FERREIRA, A. C. A.; COSTA, F. M. V.; DIAS, I. C. T; SANTOS, S. Gestão de Resíduos Sólidos na Construção Civil. Revista Pensar Engenharia, Belo Horizonte, v.2, n. 2, p. 1- 18, 2014.

FERNANDES, Mário Gonçalves. Urbanismo contemporâneo e morfologia urbana nas cidades do norte de Portugal (1852-1926). In: Cidades. Presidente Prudente: GEU, n.8, v.5, p.329-354, 2008.

FONSECA, E. S. Estudo da distribuição espacial de parasitoses e condições de saneamento básico para o município de Ouro Preto/MG, com o apoio do geoprocessamento. 2008. 177 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

FONSECA, C. D. Arraiais e vilas d’el rei: espaço e poder nas Minas setecentistas [online]. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011. https://doi.org/10.7476/9788542303070.

GEHRMANN, H-J.; HIEBEL, M.; SIMON, F. G. Methods for the Evaluation of Waste Treatment Processes. Journal of Engineering. Berlim, p. 1-14,2017. https://doi.org/10.1155/2017/3567865

GOMES, M. H. S. C.; OLIVEIRA, E. C.; BRESCIANI, L. P.; PEREIRA, R. S. Polí-tica Nacional de Resíduos Sólidos: perspectivas de cumprimento da lei 12.305/2010 nos municípios brasileiros, municípios paulistas e municípios da região do ABC. Rev. Adm. UFSM, v. 7, Edição Especial, p. 93-110, 2014.

GOMES, S. de C.; ZHOU, J. L., LI, W.; LONG, G. Progress in manufacture and properties of construction materials incorporating water treatment sludge: a review S. Resour. Conserv. Recycl., Michigan, v. 145, p. 148-159, 2019 http:doi.org/10.1016/j.resconrec.2019.02.032

GONÇALVES, B. B.; DIAS, J. F. Resíduos domiciliares recicláveis: prospecção para cidade de médio porte. Observatorium: Revista Eletrônica de Geografia, Uberlândia, v.1, n.1, p. 84-104, 2009.

GOUVEIA, N. Resíduos sólidos urbanos: impactos socioambientais e perspectiva de manejo sustentável com inclusão social. Ciênc. Saúde coletiva, v.17, n.6, p.1503-1510, jun. 2012.

GUIMARAES, L da S. O modelo de urbanização brasileiro: notas gerais. GeoTextos, vol. 12, n. 1, p. 13-35, jul. 2016. http://dx.doi.org/10.9771/19845537geo.v12i1.14084

HASSAN, A.; ARIF, M; SHARIQ, M.. Use of geopolymer concrete for a cleaner and sustainable environment – a review of mechanical properties and microstructure. J. Cleaner Prod., 223 (2019), pp. 704-728 DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2019.03.051

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2008. Rio de Janeiro: IBGE, 2012a.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censos demográficos dos anos de 2000 a 2010. Rio de Janeiro: IBGE. 2012b

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .Perfil dos Municípios Brasileiros Rio de Janeiro: IBGE, 2015 Disponível em: https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/perfilmunic/2015/default.shtm Acesso: 15 de julho de 2018

JOHN, V. M. Reciclagem de resíduos na construção civil – contribuição à metodologia de pesquisa e desenvolvimento. São Paulo, 2010. 102p. Tese (livre docência) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

KLEIN, F. B.; DIAS, S. L. F. G. A Deposição Irregular de Resíduos da Construção Civil No Município de São Paulo: um estudo a partir dos instrumentos de políticas públicas ambientais. Desenvolv. Meio Ambiente, Curitiba v. 40, p. 483-506, abril 2017. http://dx.doi.org/10.5380/dma.v40i0.47703

LEFEBVRE, H. A Revolução Urbana. 5 ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

LEFEBVRE, H. O Direito à Cidade. 8 ed. Itapevi: Nebil, 2016.

LONG, W; LI, H; WEI, J; XING, F; HAN, N. Sustainable use of recycled crumb rubbers in eco-friendly alkali activated slag mortar: dynamic mechanical properties, Prod.Cleaner Prod 204 (2018), pp. 1004-1015

BRITO, J.; BRAVO, M. Indicadores de resíduos de construção e demolição para construções residenciais novas. Ambient. Constr, Porto Alegre, v.11, n.3, p.117-130, 2011. https://doi.org/10.1590/S167886212011000300009.

MARQUES NETO, J. C. Gestão dos resíduos de construção e demolição no Brasil. São Carlos: RIMA, 2005

MENG, Y; LING, T. C; MO, K. H; Recycling of wastes for value-added applications in concrete blocks: an overview . Resour. Conserv. Recycl., Michigan, V 138, p. 298-312, 2018 https://doi.org/10.1016/j.resconrec.2018.07.029

MARTINS, F. G. Gestão e gerenciamento de resíduos da construção civil em obras de grande porte: estudos de caso. 2012. 177 p. Dissertação (Mestrado) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012

MORAIS, G. M. D. Diagnóstico da deposição clandestina de resíduos de construção e demolição em bairros periféricos de Uberlândia: subsídios para uma gestão sustentável. 2006. 201 f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Engenharia Civil, Universidade Federal de Uberlândia, 2006.

NOGUEIRA, G. R. F. Extração de Areia em Cursos D’água e Seus Impactos: Proposição de uma Matriz de Integração. Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária na Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 29 jul. 2016. Acesso: https://www.ufjf.br/engsanitariaeambiental/files/2014/02/TFC_Vers%C3%A3oFinal.pdf

PANERAI, P. Análise Urbana. Tradução de Francisco Leitão; Revisão técnica de Sylvia Ficher. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2014. 198p.ISBN 85-230-0923-X

PINTO, C. H. C.; SANTOS, A. L. dos.; CATUNDA, A. C. M. M. Percepção da legislação ambiental, gestão e destinação final dos rcd – resíduos da construção e demolição: um estudo de caso em Parnamirim/RN/Brasil. Holos, [S.l.], v. 2, p. 33-49, abr. 2015. https://doi.org/10.15628/holos.2015.1528

PINTO, T. P.; GONZÁLEZ, J. L. R. (Coord.) Manejo e gestão de resíduos da construção civil. Brasília, DF: Caixa Econômica Federal, 2005.

PRESIDENTE BERNARDES. Lei n° 2.115 de 02 de março de 2.010. Institui o Plano Diretor Municipal e dispõe sobre a colocação, em vias públicas, de resíduos gerados por demolições, construções e dá outras providências, 2010. Presidente Bernardes: [s.n.], 2010.

PENNA, N. A; FERREIRA, I. B. Desigualdades socioespaciais e áreas de vulnerabilidades nas cidades. Mercator, Fortaleza, v. 13, n. 3, p. 25-36, dez. 2014. https://doi.org/10.4215/RM2014.1303.0002

PIOVEZAN JR, G. T. A. Avaliação dos resíduos da construção civil (rcc) gerados no município de Santa Maria. 2007. 76 p.. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2007 Disponivel em. https://repositorio.ufsm.br/handle/1/7924

QUAGLIO, Renam Serraglio. Resíduos da construção e demolição (rc&d): estudo dos impactos ambientais provocados pelo descarte inadequado no município de Presidente Bernardes – SP. 2017. 118 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional) - Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2017 .

SANCHES, M. C. G. Valoração do Serviço de Destinação Final dos Resíduos Gerados na Construção Civil do Município de Salvador, Bahia. 2004. 127 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável) - Universidade Nacional de Brasília, Brasília, 2004

SANTOS, M. A natureza do espaço. Técnica e tempo, razão e emoção. 4ª ed. São Paulo: Edusp, 2006.

SANTOS, M. R. R.; RANIERI, V. E. L. Critérios para análise do zoneamento ambiental como instrumento de planejamento e ordenamento territorial. Ambiente. & Sociedade. [online], Campinas, v.16, n.4, pp.43-60, 2013. https://doi.org/10.1590/S1414753X2013000400004.

SILVA, V. A.; FERNANDES, A. L. T. Cenário do gerenciamento dos resíduos da construção e demolição (RCD) em Uberaba-MG. Soc. & Nat., Uberlândia, v. 24, n. 2, 333-344, mai/ago. 2012.

SILVA W. R. da; SPOSITO, M. E. B. (orgs.). Perspectivas da urbanização: reestruturação urbana e das cidades. Rio de Janeiro: Consequência Editora, 2017. 230p

SILVA, J. S.; RANIERI, V. E. L. O mecanismo de compensação de reserva legal e suas implicações econômicas e ambientais. Ambiente & Sociedade, Campinas. v. 17, n. 1, p. 115-132, 2014.

SPOSITO, M. E. B. Cidades médias: reestruturação das cidades e reestruturação urbana. In: SPOSITO, M. E. B. (org.). Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

SOUZA, P. H. R.; MARQUES, M. S. P.; ARAUJO, M. C. P. Análise sobre a gestão de resíduos sólidos da construção civil. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. São Paulo, v. 7, n. 3, p. 13-35, 2019. Disponível em:https://www.nucleodoconhecimento.com.br/engenharia-civil/residuos-solidos

TANGA, Z.; LI, W.; TAM, V.; XUE, C. Advanced progress in recycling municipal and construction solid wastes for manufacturing sustainable construction materials. Resources, Conservation & Recycling: Michigan, v. 6, n. 10 2020. https://doi.org/10.1016/j.rcrx.2020.100036

TEIXEIRA, L. P. Desempenho da construção brasileira. Belo Horizonte: UFMG, 2010.

WALL, E. WATERMAN, T. Desenho urbano: Fundamentos de Paisagismo. Tradução técnica de Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Bookman, 2012.

WEISSHEIMER, L. F; KERN, A. P. Classificação Dos Resíduos De Construção: discussão dos critérios da Resolução 307/2002 do CONAMA. 5º Fórum Internacional de Resíduos Sólidos, São Leopoldo, Rio Grande do Sul, jun. 2014

ZORDAN, S. E. Entulho da indústria da Construção Civil. São Paulo: PCC; EPUSP, 2002. Disponível em: Acesso em: 11 jul. 2017

Authors hold the Copyright for articles published in this journal, and the journal holds the right for first publication. Because they appear in a public access journal, articles are licensed under Creative Commons Attribution (BY), which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...