Domínios Geomorfológicos no Parque Estadual dos Três Picos - RJ e sua relação com aspectos geológicos
PDF

Palavras-chave

Evolução Geomorfológica
Parque Estadual dos Três Picos
Região Serrana
Erosão

Como Citar

FREITAS, M. M.; EIRADO SILVA, L. G.; TUPINAMBÁ, M. Domínios Geomorfológicos no Parque Estadual dos Três Picos - RJ e sua relação com aspectos geológicos. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 29, n. 1, 2017. DOI: 10.14393/SN-v29n1-2017-4. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/29961. Acesso em: 16 maio. 2022.

Resumo

As discussões sobre a influência da geologia sobre os processos de evolução do relevo ocorrem há longa data nos estudos geomorfológicos, no entanto as escolas contemporâneas de geomorfologia têm enaltecido os processos geomorfológicos em detrimento dos processos de evolução na escala de paisagem. O presente artigo propõe uma classificação das feições geomorfológicas no Parque Estadual dos Três Picos na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro interpretadas à luz do longo termo de evolução dos processos de intemperismo e erosão sobre os planos de fraqueza do substrato geológico. Dessa forma, a evolução tectônica, tipos de rocha e estrutura são fundamentais na interpretação das formas do relevo que definiram oito domínios geomorfológicos no trecho compreendido dentro do Parque: Escarpa Sul, Domínio dos maciços graníticos dos Três Picos-Frades-Caledônia, Domínio dos maciços graníticos-gnáissicos de Teresópolis; Domínios de dissecação intermaciços; Domínio do Planalto de Macaé de Cima; Domínio das bordas planálticas suspensas; Domínios das planícies fluviais (sedimentos aluviais) e Domínios das rampas colúvio-aluviais. Estes domínios guardam dinâmica e histórico de evolução, associados à ação do processo erosivo de longa duração limitada por níveis de base em diversas altitudes compostos em litoestruturas específicas do substrato. O resultado desta evolução configura processos erosivos que até hoje influenciam estas paisagens, inclusive gerando riscos em situações extremas.

https://doi.org/10.14393/SN-v29n1-2017-4
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...