Os(as) apanhadores(as) de flores e o Parque Nacional das Sempre-vivas: entre ideologias e territorialidades / Flower-picking and the Parque Nacional das Sempre-vivas: between ideologies and territorialities
PDF (Português (Brasil))

Keywords

Apanhadores de flores
Parque Nacional das Sempre-vivas
ideologias
territorialidades
conflitos

How to Cite

MONTEIRO, F. T.; PEREIRA, D. B.; DEL GAUDIO, R. S. Os(as) apanhadores(as) de flores e o Parque Nacional das Sempre-vivas: entre ideologias e territorialidades / Flower-picking and the Parque Nacional das Sempre-vivas: between ideologies and territorialities. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 24, n. 3, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/17616. Acesso em: 30 nov. 2022.

Abstract

As dimensões ideológicas e suas articulações com natureza, comunidades, territorialidades e conflitos foram aqui privilegiadas. Identificamos visões sociais de mundo, expressas por meio das representações coletivas e de práticas circunscritas à apropriação do território em disputa, que aqui envolvem o Parque Nacional das Sempre-vivas, em Minas Gerais. A criação do parque desterritorializou comunidades apanhadoras de flores, que dependem dessas espécies para sobreviver. Sob a base de ideologias preservacionistas, o parque engendrou múltiplas invisibilidades. Os envolvidos, dentre eles os apanhadores, não se mantiveram refratários às ideologias, pressões e imposições; antes, potencializaram a realização política e de resistência.
PDF (Português (Brasil))

Authors hold the Copyright for articles published in this journal, and the journal holds the right for first publication. Because they appear in a public access journal, articles are licensed under Creative Commons Attribution (BY), which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...