Mapeamento de uma ocupação
PDF

Palavras-chave

Performatividade
mapeamento
cartografia gráfica
Occupy Wall Street
espaço-tempo

Como Citar

Derman , Özge, & Xavier, H. P. (2022). Mapeamento de uma ocupação: uma declaração graficamente posta. Revista Estado Da Arte, 3(1), 1–13. https://doi.org/10.14393/EdA-v3-n1-2022-65617
Share |

Resumo

O artigo oferece uma análise sociológica de uma experiência performativa de mapeamento no movimento Occupy Wall Street (OWS) de Nova York em 2011. Ele delineia a transformação da declaração do OWS em uma "lista de grievances [demandas-sofrimentos-queixas]" graficamente representada pela artista Rachel Schragis por meio de um processo participativo no espaço ocupado do Parque Zuccotti. Baseando-se na passagem contínua entre as ideias, o espaço tridimensional vivido e a superfície plana bidimensional da cartografia gráfica, ela demonstra as maneiras pelas quais a cartografia coletiva-performativa incorporou e transcreveu a interconexão entre o percebido, o concebido e o(s) espaço-tempo(s) vivido(s) (Lefebvre 1974, Harvey 2006) no interior do espaço ocupado do OWS.

https://doi.org/10.14393/EdA-v3-n1-2022-65617
PDF

Downloads

Não há dados estatísticos.