DINÂMICA DE USO E COBERTURA DA TERRA DAS REGIÕES DE INTEGRAÇÃO DO ARAGUAIA E TAPAJÓS/PA, PARA OS ANOS DE 2008 E 2010

Conteúdo do artigo principal

Rodrigo Souza Oliveira
Adriano Venturieri Venturieri
Sandra Maria Neiva Sampaio Sampaio
Aline Maria Meiguins de Lima Lima
Edson José Paulino da Rocha Rocha

Resumo

A contínua incorporação de áreas florestais ao processo produtivo tem acarretado mudanças signiï¬cativas na paisagem. Na Amazônia, com o avanço da fronteira agrícola, bem como a consolidação de atividades produtivas em determinadas áreas, essas transformações podem ser percebidas com maior evidência. Tal problemática também é observada nas Regiões de Integração - RI do Araguaia e Tapajós, Sudeste e Sudoeste do estado do Pará, respectivamente. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo analisar a dinâmica de uso e cobertura da terra na Amazônia Legal, utilizando como recorte de análise, as Regiões de Integração do Araguaia e Tapajós no Estado do Pará, com dados de uso e cobertura da terra do Projeto TerraClass para os anos de 2008 e 2010, no intuito de delinear recomendações visando uma melhor utilização da terra e dos recursos naturais disponíveis e, na tomada de decisão para a gestão territorial e implementação de políticas públicas. Portanto, veriï¬cou-se que a RI do Tapajós apresenta forte dinâmica de uso e cobertura da terra entre os anos de 2008 e 2010, principalmente no que tange as classes de uso da terra. No entanto, tanto para o ano de 2008 quanto para o ano de 2010 pode-se veriï¬car que a RI do Tapajós ainda possui signiï¬cativa parcela de áreas com cobertura vegetal. Já para a RI do Araguaia a dinâmica de uso e cobertura da terra ocorre de forma diferenciada, com signiï¬cativa alteração entre as classes durante os anos analisados. No entanto, para a RI do Araguaia assim como para a RI do Tapajós a maior intensidade da dinâmica de uso ocorre entre as classes de pastagem, sendo que para a RI do Araguaia houve relativa perda das áreas com pastagem manejada (pasto limpo) para áreas de pasto com a presença de invasoras (pasto sujo) ou em fase de regeneração. Por meio das análises dos resultados alcançados pode-se conï¬rmar que a Região de Integração do Tapajós apresenta maior dinâmica de uso e cobertura da terra se comparada a Região de Integração do Araguaia, devido ao histórico de ocupação das mesmas, visto que a RI do Tapajós apresenta signiï¬cativa porcentagem de áreas verdes e poucas tipologias de uso da terra consolidadas, bem como por estarem sob influencias de rodovias que apresentam processos diferenciados e estão em estágios de evolução diferentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
OLIVEIRA, R. S.; VENTURIERI, A. V.; SAMPAIO, S. M. N. S.; LIMA, A. M. M. de L.; ROCHA, E. J. P. da R. DINÂMICA DE USO E COBERTURA DA TERRA DAS REGIÕES DE INTEGRAÇÃO DO ARAGUAIA E TAPAJÓS/PA, PARA OS ANOS DE 2008 E 2010. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 7, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44369. Acesso em: 24 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rodrigo Souza Oliveira, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Centro Regional da Amazônia

Adriano Venturieri Venturieri, Embrapa Amazônia Oriental

EMBRAPA/CPATU

Sandra Maria Neiva Sampaio Sampaio, Embrapa Amazônia Oriental

EMBRAPA/CPATU

Aline Maria Meiguins de Lima Lima, Universidade Federal do Pará

Instituto de Geociências

Edson José Paulino da Rocha Rocha, Universidade Federal do Pará

Instituto de Geociências