Licenciatura em educação do campo sob um olhar sociológico

Autores

  • Iael de Souza Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-2023-64978

Palavras-chave:

Educação do campo, Lutadores/as sociais, "Amor à segunda vista", Relação homem/natureza

Resumo

Este artigo aponta alguns dos problemas enfrentados pelo curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal do Piauí, campus Ministro Petrônio Portela, de Teresina, e os analisa a partir de um olhar sociológico. Dentre eles, estão: a descaracterização da proposta original dos movimentos sociais do campo em formar lutadores/as sociais; a não identidade inicial com a própria comunidade de origem pela maior parte dos estudantes, construída posteriormente por alguns deles/as devido às (re)descobertas propiciadas pelo curso, produzindo um “amor à segunda vista”; a superação da cisão campo-cidade, passando a apreender que se trata da relação homem-natureza como condição de humanização e manutenção do mundo social. Acredita-se que a ressignificação do próprio lugar e do campo por meio do resgate histórico e do olhar sociológico pode contribuir para a elevação da consciência de classe dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iael de Souza, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, Brasil; professora da Universidade Federal do Ceará, Brasil;  pesquisadora do Núcleo de Estudos em Trabalho, Saúde e Subjetividade (NETSS/Unicamp) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Política, Gestão Educacional e Formação de Professores (GEPGE).

Referências

CARVALHO, M. O que é natureza? São Paulo: Brasiliense, 1990. (Coleção Primeiros Passos).

CALDART, R. S. Educação do Campo: notas para uma análise de percurso. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 35-64, mar./jun. 2009. DOI 10.1590/S1981-77462009000100003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tes/a/z6LjzpG6H8ghXxbGtMsYG3f/abstract/?lang=pt. Acesso em: 19 jan. 2023.

CALDART, R. S. Por uma educação do campo: traços de uma identidade em construção. In: KOLLING, E. J.; CERIOLLI, P. R.; CALDART, R. S. (org.). Educação do campo: identidade e políticas públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2002. p. 18-25. (Coleção Por Uma Educação do Campo, n. 4).

CALDART, R. S. Por uma educação do campo: traços de uma identidade em construção. In: ARROYO, M. G.; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C. (org.). Por uma Educação do Campo. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2011. p. 18-25.

FERNANDES, B. M. Diretrizes de uma caminhada. In: KOLLING, E. J.; CERIOLLI, P. R.; CALDART, R. S. (org.). Educação do campo: identidade e políticas públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2002. p. 61-70. (Coleção Por Uma Educação do Campo, n. 4).

GAARDER, J. O mundo de Sofia: romance da história da filosofia. Tradução de João Azenha Jr. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

FUNDAÇÃO CEPRO. Índice de Vulnerabilidade Social no Piauí por Território de Desenvolvimento. Teresina: Fundação CEPRO, 2018.Disponível em: http://www.cepro.pi.gov.br/download/201802/CEPRO08_365efb6de8.pdf. Acesso em: 19 jan. 2023.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas (1845-1846). Tradução de Rubens Enderle, Nélio Schneider e Luciano Cavini Martorano. São Paulo: Boitempo, 2007.

MARX, K. Crítica da filosofia do direito de Hegel. Tradução de Rubens Enderle e Leonardo de Deus. 3. ed. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. Instruções para os Delegados do Conselho Geral Provisório: as diferentes questões. Tradução de José Barata-Moura. Lisboa; Moscou: Editorial Avante; Edições Progresso, 1982.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos. Tradução de Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1993.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

MARX, K. Sobre a questão judaica. Tradução de Nélio Schneider e Wanda Caldeira Brant. São Paulo: Boitempo, 2010. (Coleção Marx-Engels).

MÉSZÁROS, I. Produção destrutiva e estado capitalista. Tradução de Georg Toscheff e Marcelo Cipolla. São Paulo: Ensaio, 1989. (Cadernos Ensaio, Pequeno formato v. 5).

MOLINA, M. C. Desafios para os educadores e educadoras do campo. In: KOLLING, E. J.; CERIOLLI, P. R.; CALDART, R. S. (org.). Educação do campo: identidade e políticas públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2002. p. 26-30. (Coleção Por Uma Educação do Campo, n. 4).

MOLINA, M. C. Expansão das licenciaturas em educação do campo: desafios e potencialidades. Educar em Revista, Curitiba, n. 55, jan./mar. 2015. DOI 10.1590/0104-4060.39849. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/qQMpZkcTFxbFDk59QJKpWmG/?lang=pt. Acesso em: 23 jan. 2023.

MOLINA, M. C. 20 anos do Pronera e da Educação do Campo. In: GUEDES, C. G. et al. (orgs.). Memória dos 20 anos da educação do campo e do PRONERA. Brasília: Universidade de Brasília; Cidade Gráfica, 2018. Disponível em: https://fonec.org/wp-content/uploads/2021/04/Memoria-dos-20-anos-da-educacao-do-campo-e-do-PRONERA_16.04.2021.-1.pdf. Acesso em: 19 jan. 2023.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ. Projeto Político-Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação do Campo. Programa de Apoio à Formação Superior de Licenciatura em Educação do Campo (PROCAMPO), Teresina, 2013. Disponível em: https://www.ufpi.br/arquivos_download/arquivos/Ledoc-_Floriano/PPC_LICENCIATURA_EM_EDUCA%C3%87%C3%83O_DO_CAMPO_CIENCIAS_DA_NATUREZA_FLORIANO20180923175309.pdf. Acesso em: 19 jan. 2023.

KOSIK, K. Dialética do concreto. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

RODRIGUES, A. T. Sociologia da educação. 6. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.

SAVIANI, D. Apresentação. In: NOSELLA, P. A escola de Gramsci. 3.ed. rev. ampl. São Paulo: Cortez, 2004.

SAVIANI, D. Educação: do senso comum à consciência filosófica. 15. ed. Campinas: Autores Associados, 2004. (Coleção Educação Contemporânea).

SAVIANI, D. Marxismo, educação e pedagogia. In: SAVIANI, D.; DUARTE, N. (org.). Pedagogia histórico-crítica e a luta de classes na educação escolar. Campinas: Autores Associados, 2012. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo).

SOUZA, I.; PIOLLI, E. As ilusões (e as tarefas) da democracia e da cidadania: possíveis contribuições da educação escolar. Contexto & Educação, Ijuí, n. 106, p. 158-181, set./dez. 2018. DOI 10.21527/2179-1309.2018.106.302-317. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/7202. Acesso em: 19 jan. 2023.

SOUZA, I. Da educação a educação “por direito”: a problemática da educação dos movimentos sociais e do movimento social do campo. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 18, n. 1, p. 158-181, jan./abr. 2019. DOI 10.14393/REP-v18n12019-46066. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/46066. Acesso em: 19 jan. 2023.

SOUZA, I. Estado e classes sociais na teoria social marxiana/engelsiana. Arma da Crítica, Fortaleza, n. 16, p. 4-15, 2021. Disponível em: http://www.armadacritica.ufc.br/index.php?option=com_phocadownload&view=category&download=288:1-estado-e-classes-na-teoria-social-marxiana-engelsiana&id=112:artigos&Itemid=143. Acesso em: 19 jan. 2023.

SOUZA, I. Marx, Educação e Sociologia da Educação. Veras, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 107-126, jan./jul. 2022. DOI 10.14212/veras.vol12.n1.ano2022.art495. Disponível em: http://site.veracruz.edu.br:8087/instituto/revistaveras/index.php/revistaveras/article/view/495. Acesso em: 19 jan. 2023.

SOUZA, I.; PIOLLI, E. Pedagogia da gestão gerencialista do capital: a “paideia” empresarial no final do século XX e sua hegemonia ideocultural no século XXI. Cadernos Cajuína, Teresina, v. 5, n. 3, set. 2020. DOI 10.52641/cadcaj.v5i3.415. Disponível em: https://cadernoscajuina.pro.br/revistas/index.php/cadcajuina/article/view/415. Acesso em: 19 jan. 2023.

STÉDILE, P.; SÉRGIO, F. A luta pela terra no Brasil. São Paulo: Scritta, 1993.

TONET, I. Método científico: uma abordagem ontológica. São Paulo: Instituto Lukács, 2013.

WEBER, M. Ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: Zahar, 1971.

Downloads

Publicado

28-04-2023

Como Citar

SOUZA, I. de. Licenciatura em educação do campo sob um olhar sociológico. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 22, n. 1, p. 1–16, 2023. DOI: 10.14393/REP-2023-64978. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/64978. Acesso em: 18 jun. 2024.