Policiando a natureza

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPRIM-v7n13a2022-65601

Palavras-chave:

Tradução, Policiando, Natureza

Resumo

Policiando a natureza

Tyler Cowen*

Utilidade, direitos, e padrões holísticos, todos apontam em direção a alguns passos modestos para limitar ou controlar a atividade predatória de carnívoros em relação às suas vítimas. No mínimo, deveríamos limitar os atuais subsídios aos carnívoros da natureza. Policiar a natureza não precisa ser absurdamente dispendioso ou violar as intuições do senso comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Henrique Freitas Coelho, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestrando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). E-mail: gusege@hotmail.com Lattes: http://lattes.cnpq.br/5265638620788673. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7075-851X.

Arthur Falco Lima, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutorando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). E-mail: arthurfalco@hotmail.com Lattes: http://lattes.cnpq.br/6699628038269062. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6092-8674.

Mirmila Sócrates Nascimento, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestranda em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). E-mail: mirmila15@gmail.com Lattes: http://lattes.cnpq.br/7263338657178336. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1827-4080.

Downloads

Publicado

2023-12-20

Como Citar

COELHO, G. H. F.; LIMA, A. F.; NASCIMENTO, M. S. Policiando a natureza. PRIMORDIUM - Revista de Filosofia e Estudos Clássicos, Uberlândia, v. 7, n. 13, p. 147–168, 2023. DOI: 10.14393/REPRIM-v7n13a2022-65601. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/primordium/article/view/65601. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Traduções