Platão e a Paralaxe Cognitiva

um estudo na elenchos socrática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPRIM-v7n13a2022-62951

Palavras-chave:

Paralaxe Cognitiva, Platão, elenkhos, Sócrates

Resumo

Resumo: A falsidade de uma determinada tese pode ser demonstrada de muitas maneiras. Em alguns casos, uma mesma tese pode ser refutada por ângulos distintos. Noutras, apenas alguns modos específicos, ou mesmo um, pode ser adequado para demonstrar a falsidade do que se alega. Um desses modos de refutação é o da paralaxe cognitiva, sobre o qual se dissertou no livro intitulado Crença sem Corpo de L. A. Oliveira. O objetivo deste trabalho é vincular este conceito, conforme foi concebido por Oliveira, ao ἔλεγχος (elenkhos) da argumentação de Sócrates, sugerindo-a como forma de identificar algumas formas de refutação específicas usadas nos diálogos.

Palavras-Chave: Paralaxe Cognitiva, Platão, elenkhos, Sócrates

 Abstract: A falsity of a particular thesis can be demonstrated in many ways. In some cases, the same thesis can be refuted from different angles. In others, only a few specific ways, or even one, may be adequate to demonstrate the falsehood of what is claimed. One of these modes of refutation is that of cognitive parallax, which was discussed in the book entitled Crença sem Corpo de L. A. Oliveira. The aim of this work is to link this concept, as it was conceived by Oliveira, to the ἔλεγχος (elenkhos) of Socrates' argumentation, suggesting it as a way of identifying some specific forms of rebuttal used in the dialogues.

Key-Words:  Cognitive Parallax, Plato, elenkhos, Socrates

Data de registro: 05/09/2021

Data de aceite: 18/03/2022

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucio Antônio de Oliveira, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Mestrando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). E-mail: lucioichtus@gmail.com   CV: http://lattes.cnpq.br/4418907796233489  ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7617-3870 

Referências

CHESTERTON, G. K. Hereges. Tradução e notas de Antônio Emílio Angueth de Araújo; Márcia Xavier de Brito. Campinas: Ecclesiae, 3 ed., 2014.

CORNFORD, F. M. Antes e Depois de Sócrates. Antes e Depois de Sócrates. Tradução de Valter Lellis Siqueira. São Paulo: Martins Fontes. 2001.

DESCARTES, René. O Discurso do Método. O Discurso do Método. Tradução de Ciro Mioranza. São Paulo: Escala Educacional, 2006.

MATOS JÚNIOR, Fábio Amorim de. A Contextualização Dramática do Laques e sua Relação com a Apologia de Platão. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

OLIVEIRA, Lucio A. Crença sem Corpo: levando Olavo ao L’Abri. Instituto Aletheia. 2020,

PLATÃO. Críton. Tradução de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix. 9 ed. 2006.

PLATO. Plato in Twelve Volumes. Tradução de Harold N. Flower; introdução de W. R. M Lamb. Cambridge: Harvard University Press; London: William Heinemann Ltd., vol. 1, 1966.

________. Plato in Twelve Volumes. Tradução de W. R. M Lamb. Cambridge: Harvard University Press; London: William Heinemann Ltd., vol. 3, 1967.

________. Plato in Twelve Volumes. Tradução de W. R. M Lamb. Cambridge: Harvard University Press; London: William Heinemann Ltd., vol. 8, 1955.

________. Plato in Twelve Volumes. Tradução de W. R. M Lamb. Cambridge: Harvard University Press; London: William Heinemann Ltd., vol. 12, 1921.

SCHOPENHAUER. Como Vencer um Debate sem Precisar Ter Razão:em 38 estratagemas. Introdução, notas e comentários de Olavo de Carvalho; Tradução de Daniela Caldas e Olavo de Carvalho. Rio de Janeiro: Topbooks, 1997.

SIRE, James W. Dando Nome ao Elefante: cosmovisão como um conceito. Tradução de Paulo Zacharias e Marcelo Herberts. Brasília: Monergismo, 2012.

VLASTOS, Gregory; DIXSAUT, Monique. Refutação. Tradução de Janaína S. Mafra. São Paulo: Paulus, 2012.

Downloads

Publicado

2023-04-19

Como Citar

DE OLIVEIRA, L. A. Platão e a Paralaxe Cognitiva: um estudo na elenchos socrática. PRIMORDIUM - Revista de Filosofia e Estudos Clássicos, Uberlândia, v. 7, n. 13, p. 65–92, 2023. DOI: 10.14393/REPRIM-v7n13a2022-62951. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/primordium/article/view/62951. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos