A constituição das três gerações divinas na Teogonia de Hesíodo a partir da análise dos processos de geração, reprodução, incesto e parricídio entre os deuses

Autores

Palavras-chave:

Hesíodo, teogonia, cosmogonia, genealogia, deuses

Resumo

*Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade de Franca (2015), e, atualmente, graduando em Filosofia na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Interesse destacado em Ética.  

 http://dx.doi.org/10.14393/REPRIM.issn.2526-2106.v2n4a2017-01

A constituição das três gerações divinas na Teogonia de Hesíodo a partir da análise dos processos de geração, reprodução, incesto e parricídio entre os deuses

Gustavo Henrique de Freitas Coelho*

Resumo: A partir da obra Teogonia, poema atribuído a Hesíodo, analisaremos neste artigo como os processos de geração e reprodução dos deuses, assim como os casos de incesto e parricídio entre eles, influenciaram a disputa pelo poder que instaurou três gerações divinas. Para tanto, após breve consideração a respeito da constituição da poesia mítica em Hesíodo, acompanharemos a narrativa principal do mito a partir da união amorosa entre as divindades Terra e Céu, e a subsequente sucessão no poder cósmico: Céu, Crono, Zeus.

Palavras-chaves: Hesíodo; teogonia; cosmogonia; genealogia; deuses.

The constitution of three divine generations in Hesiod's Theogony from analysis of the processes of generation, reproduction, incest and parricide among the gods

Abstract: From the work Theogony, a poem attributed to Hesiod, we will analyze in this article how the processes of generation and reproduction of the gods, as well as the cases of incest and parricide between them, influenced the dispute for the power that instated three divine generations. For this, after brief consideration of the constitution of mythical poetry in Hesiod, we will follow the main narrative of the myth from the love union between the deities Earth and Heaven, and the subsequent succession in cosmic power: Heaven, Cronus, Zeus.

Keywords: Hesiod; theogony; cosmogony; genealogy; gods

Data de registro: 11/08/2017

Data de aceite: 21/12/2017

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Henrique de Freitas Coelho, Discente na Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Discente do curso de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Referências

BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia Grega. v.3. Petrópolis, RJ: Vozes, 1987.

BUGALHO, Henry Alfred. Hesíodo e a vida do homem comum. Mar. 2009. Disponível em: <http://www.revistasamizdat.com/2009/03/hesiodo-e-vida-do-homem-comum.html>. Acesso em: 19 nov. 2018.

COUTINHO, Carlos Luciano Silva. Arquitetura mítica. 2010. 270 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de Brasília, Brasília, DF. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/handle/10482/7019>. Acesso em: 19 nov. 2018.

FIGUEIREDO, Beraldo Lopes. Caos. In: Mitologias Greco-Romana. [s.d.]. Disponível em: <http://www.espiritualismo.info/mitologia_greco_romana.html#22.14.01.01_-_CAOS>. Acesso em: 19 nov. 2018.

FONTES, Felipe dos Santos. Parricídio Simbólico. 2013. Monografia (Especialização em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ. Disponível em: <http://felipesfontes.blogspot.com.br/2013/12/parricidio-simbolico.html>. Acesso em: 19 nov. 2018.

HESÍODO. Teogonia: a origem dos deuses. Trad. Jaa Torrano. 2a ed. São Paulo: Iluminuras, 1991.

JÚNIOR, Wilson A. Ribeiro. Hesíodo / Teogonia. Portal Grécia Antiga. São Carlos, SP. Out. 2013. Disponível em: <http://greciantiga.org/arquivo.asp?num=0085>. Acesso em: 19 nov. 2018.

LÓPEZ-RUIZ, Carolina. How to Start a Cosmogony: On the Poetics of Beginnings in Greece and the Near East. Journal of Ancient Near Eastern Religions, v. 12, n. 1, p. 30-48, 2012. https://doi.org/10.1163/156921212X629455

MANTOVANELI, Luiz Otávio. Apresentação. In: HESÍODO. Os Trabalhos e os Dias. São Paulo: Odysseus, 2011. p. 19-44.

MOURA, Alessandro Rolim de. Introdução. In: HESÍODO. Os Trabalhos e os Dias. Curitiba, PR: Segesta, 2012. p. 11-59.

ONOFRIO, Salvatore D’. Andrógino. In: Dicionário de Cultura Básica. Flórida: Wikimedia Foundation, 2012a. Disponível em: <https://pt.wikisource.org/wiki/Dicion%C3%A1rio_de_Cultura_B%C3%A1sica/Andr%C3%B3gino>. Acesso em: 19 nov. 2018.

ONOFRIO, Salvatore D’. Mitologia. In: Dicionário de Cultura Básica. Flórida: Wikimedia Foundation, 2012b. Disponível em: <https://pt.wikisource.org/wiki/Dicion%C3%A1rio_de_Cultura_B%C3%A1sica/Mitologia>. Acesso em: 19 nov. 2018.

PARK, Arum. Parthenogenesis in Hesiod’s Theogony. Preternature: Critical and Historical Studies on the Preternatural, v. 3, n. 2, p. 261-283, 2014. https://doi.org/10.5325/preternature.3.2.0261

SANDYWELL, Barry. The Beginnings of European Theorizing: Reflexivity in the Archaic Age. New York, USA: Routledge, 1996. (Logological Investigations).

TERENZI, Juan Manuel. Do Caos à espuma: o sinuoso percurso de Afrodite. DAPesquisa, v. 10, n. 13, p. 63-74, 2015. https://doi.org/10.5965/1808312910132015063

TORRANO, Jaa. A noção mítica de Kháos na Teogonia de Hesíodo. Ide, v. 35, n. 54, p. 29-38, 2012.

TORRANO, Jaa. A teogonia de Hesíodo. Revista Cult, n. 107, p. 68, 2006.

TORRANO, Jaa. O mundo como função de Musas. In: HESÍODO. Teogonia: a origem dos deuses. 2a ed. São Paulo: Iluminuras, 1991. p. 11-97.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e religião na Grécia antiga. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2006.

Downloads

Publicado

2017-12-30

Como Citar

Coelho, G. H. de F. (2017). A constituição das três gerações divinas na Teogonia de Hesíodo a partir da análise dos processos de geração, reprodução, incesto e parricídio entre os deuses. Revista Primordium, 2(4). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/primordium/article/view/42603

Edição

Seção

Artigos