A cosmologia de Anaximandro e a simetria em Platão: noções de justa medida no Fédon 108e.

Autores

  • João Batista Freire

Resumo

* Mestrando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

A cosmologia de Anaximandro e a simetria em Platão: noções de justa medida no Fédon 108e.

Resumo: A escolha do tema propõe uma hermenêutica sobre noções de simetria na cosmologia de Anaximandro 610 a.C., e investiga se essa cosmologia tem correspondência com a de Platão 427 a. C., notadamente no Fédon 108e. A narrativa de Platão, no Fédon 108e apresenta indícios de uma ampla tradição cultural que faz remissão aos filósofos pré-socráticos. Trata-se, portanto, de investigar a noção de simetria esférica do universo inaugurada por Anaximandro, conforme assinala Jean-Luc Périllié (2005) e William Guthrie (1984), e se a cosmologia dos antigos sábios citada por Platão será assumida em seu sistema. Nesse sentido, emergem as perguntas: a cosmologia pré-socrática foi citada por Platão literalmente, sem nenhuma roupagem mítica? Por que Platão (Filebo, 64e) afirma que a simetria é a mais bela das relações? Essas perguntas, no entanto, dão prerrogativas para investigar se essa simetria é solidária com a noção de harmonia argumentada por Platão (Fédon 95a), e com a harmonia das cordas da lira (Fédon, 85e), aquela que remonta à  tradição pitagórica (JAEGER, 2003). Embora Platão tenha raramente citado os pré-socráticos (KIRK; RAVEN; SCHOFIELD, 1994), e em nenhum momento citado diretamente Anaximandro (GUTHRIE, 1984), não obstante, suas cosmologias parecem ter proximidade. Finalmente, de forma modesta, para passar em revista a cosmologia de Anaximandro e a de Platão, será preciso conforme adverte Dirk Couprie (2003), abandonar os preconceitos da cosmologia moderna.

Palavras-chave: Anaximandro. Cosmologia. Fédon. Platão. Simetria.

Anaximander's cosmology and symmetry in Plato: just measure notions in the Phaedo 108E

Abstract:
The theme choice proposes a hermeneutic about symmetry notions in Anaximander's cosmology 610 BC, and investigates whether that cosmology has any relation with Plato 427 a. C., specially in the Phaedo 108E. Plato's Phaedo108e presents evidence of a widespread cultural tradition that makes reference to the pre-socratic philosophers. The aim is, therefore, to investigate the notion of a spherical symmetry of the universe, first proposed by Anaximander, as pointed out Jean-Luc Périllié (2005) and William Guthrie (1984), and whether the cosmology of the ancient sages quoted by Plato will be taken into consideration on Anaximander's system. In this sense, the following question emerges: Was the pre-socratic cosmology literally quoted by Plato with no mythical foundation? Why does Plato (Philebus, 64e) state that symmetry is the most beautiful relation? These questions, however, give space to investigate whether this symmetry is related to the notion of harmony argued by Plato ( Phaedo 95a) and the lyre strings' harmony (Phaedo, 85e), the one that dates back to the Pythagorean tradition (JAEGER, 2003). Although Plato has rarely mentioned the pre-socratic (KIRK; RAVEN; SCHOFIELD, 1994), and, also has never directly quoted Anaximander (GUTHRIE, 1984), it seems that their cosmologies has some similarities. In conclusion, in a modest way, to review Anaximander's and Plato's cosmology it is necessary, as warns Dirk Couprie (2003), to abandon prejudices of the modern cosmology.

Keywords: Anaximander. Cosmology. Phaedo. Plato. Symmetry.

Data de registro: 13/01/2017

Data de aceite: 05/07/2017

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Batista Freire

Mestrando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia

Referências

ARISTOTE. Traité Du Ciel. Traduction par Catherine Dalimier et Pierre Pellegrin.

Introduction par Pierre Pellegrin. Ed. Nº FG103601. Manchecourt: Éditions Flammarion, 2004.

COUPRIE, D. L. Heaven and Earth in Ancient Greek Cosmology: From Thales to

Heraclides Ponticus. New York: Springer Science Business Media, 2011.

_______. Anaximander in Context: News Studies in the Origins of Greek Philosophy.

New York: New York Press, 2003.

GLEISER, Marcelo. A Dança do Universo: dos mitos de criação ao Big Bang. São

Paulo: Companhia das Letras. 1997.

GUTHRIE, W. K. C. Historia de la Filosofía Griega: Los Primeros Presocráticos y los

Pitagóricos.v.1. Tradução de Alberto Medina González. Madrid: Gredos, 1984.

HESÍODO. Teogonia: a origem dos deuses. Estudo e tradução: JAA Torrano. 6ª ed. São

Paulo: Iluminuras, 2006.

JAEGER, W. Paidéia: a formação do homem grego. Tradução de A. M. Parreira. São

Paulo: Martins Fontes, 2003.

KIRK, G. S; RAVEN, J. E; SCHOFIELD, M. Os Filósofos Pré-socráticos: História Crítica com Selecçao de Textos. Tradução de Carlos Alberto Louro Fonseca. 4ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994.

NUNES SOBRINHO, R. G. Platão e a imortalidade: mito e argumentação no Fédon.

ª ed. Uberlândia: EDUFU, 2007. https://doi.org/10.14393/EDUFU-978-85-7078-152-9

PÉRILLIÉ, J. L. Symetria et Tationalité Harmonique. Origine pythagoricienne de la notion grecque de symétrie. Paris: L’ Harmattan, 2005.

PLATÃO. Eutífron, Apologia de Sócrates, Críton, Fédon. Tradução de Marcio Pugliesi e Edson Bini. 4ª Ed. São Paulo: Hemus, 2012.

_______. Timeu - Crítias. Tradução do grego, introdução e notas por Rodolfo Lopes. Coimbra: Centro de Estudos Clássicos e humanísticos, 2010. Disponível em: https://classicadigitalia.uc.pt/jspui/bitstream/.../64/.../platao_timeu_critias. Acesso em 15 mar. 2015.

VERNANT, J. P. As origens do Pensamento Grego. Tradução de Ísis Lana Borges. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1972.

_______. Mito e Pensamento entre os Gregos: Estudos de Psicologia histórica.

Tradução de Haiganuch Sarian. São Paulo: Paz e Terra, 1990.

Downloads

Publicado

2017-07-05

Como Citar

Freire, J. B. (2017). A cosmologia de Anaximandro e a simetria em Platão: noções de justa medida no Fédon 108e. Revista Primordium, 1(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/primordium/article/view/39054

Edição

Seção

Artigos