Avaliação do Uso de uma Tecnologia sem fio para o desenvolvimento da consciência fonológica de crianças com defasagem de aprendizagem do sistema de escrita devido à pandemia de Covid-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OT2024v26.n.1.73348

Palavras-chave:

Tecnologia sem fio, Consciência fonológica, Defasagem da aprendizagem, Robótica educacional, Alfabetização

Resumo

O presente estudo é parte de uma pesquisa de doutorado em andamento que visa investigar os efeitos do uso de tecnologia sem fio como auxiliar no processo de alfabetização de crianças típicas e atípicas com defasagem de aprendizagem do sistema de escrita devido à pandemia de Covid-19. Trata-se de uma pesquisa quase-experimental dividida em três fases: pré-teste, intervenção e pós-teste. Os sujeitos da pesquisa são alunos típicos e atípicos do 3º e 4º anos. Para o desenvolvimento das atividades foi utilizado um editor e player desenvolvido por Preuss et al. (2020). Os resultados parciais já indicam que o uso dos fantoches associados aos cartões Radio Frequency Identification (RFID) foram elementos motivadores para as crianças. Em relação ao desenvolvimento da consciência fonológica, constatamos visível progresso no pós-teste em comparação às dificuldades apresentas no pré-teste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ADAMS, M. J. et al. Consciência fonológica em crianças pequenas. Porto Alegre, RS: Artmed, 2006.

BEHAR, P. A. O ensino remoto emergencial e a educação a distância. UFRGS, Porto Alegre, 06 julho 2020. Disponível em: https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/artigo-o-ensino-remoto-emergencial-e-a-educacao-a-distancia/. Acesso em: 13 mar. 2023.

BRADLEY, L.; BRYANT, P. Categorizing sounds and learning to read: a causal connection. Nature, London, v. 301, n. 1, 419-421, 1983. DOI: https://doi.org/10.1038/301419a0.

BRADLEY, L.; BRYANT, P. Children's reading problems. Oxford: Blackwell, 1985.

CAPOVILLA, A.; CAPOVILLA, F. Efeitos do treino de consciência fonológica em crianças com baixo nível socioeconômico. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 13, n. 1,7-24, 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/j/prc/a/hjw35SdqgzJ6w4LQtxzYVPk. Acesso em: 26 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-79722000000100003.

CARDOSO-MARTINS, C. A consciência fonológica e a aprendizagem inicial da leitura e da escrita. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 41-49, 1991. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/cp/article/view/1053. Acesso em 26 abr. 2024.

CHEN, W. Multitouch Tabletop Technology for People with Autism Spectrum Disorder: a review of the Literature. Proceed Computer Science, v. 14, p. 198-207, Dec. 2012. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1877050912007855. Acesso em: 26 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.1016/j.procs.2012.10.023.

CONCHINHA, C., P. OSÓRIO, J. C. DE FREITAS. Playful learning: Educational robotics applied to students with learning disabilities. In 2015 International Symposium on Computers in Education (SIIE), Setubal, Portugal, 2015, pp. 167-171, DOI: https://doi.org/10.1109/SIIE.2015.7451669.

DEL PINO, M. A. B. et al. Alfabetização em rede: uma investigação sobre o ensino remoto da alfabetização na pandemia Covid-19 - relatório técnico (parcial). In: REVISTA BRASILEIRA DE ALFABETIZAÇÃO, ISSN: 2446-8584, n.13, 185-201, 2020. Disponível em: http://guaiaca.ufpel.edu.br/handle/prefix/8165. Acesso em: 26 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.47249/rba2020465.

FERREIRO, E. Uma reflexão sobre a língua oral e a aprendizagem da língua escrita. Porto Alegre: Revista Pátio, Ano VIII, n. 29, fev/abr, 2004, p. 8-12.

GLUZ, J. C. et al. Ambiente Virtual Tangível para Integração Sensorial no Ensino de Ciências numa Perspectiva Inclusiva. In Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), 29., 2018, Online. Anais[...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2018. p. 545. Disponível em: http://milanesa.ime.usp.br/rbie/index.php/sbie/issue/view/180. Acesso em: 26 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.sbie.2018.545.

GOSWAMI, U.; BRYANT, P. Phonological skills and learning to read. Hillsdale, NJ: Erbaum, 1990.

KERBER S. E., L. M. PASSERINO. Autoria e colaboração com o uso das Tic na escola rural: um estudo de caso da inclusão digital na EEEF Júlio de Castilhos. Porto Alegre: UFRGS, 2012. 64 p. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/102818. Acesso: 20 abr. 2024

LAMPRECHT, R. R. e al. Consciência dos sons da língua: subsídios teóricos e práticos para alfabetizadores, fonoaudiólogos e professores de língua portuguesa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012. 2ª edição.

LESLEY X., ALISSA N., NIMA M. Are tangible more fun? Comparing children’s enjoyment and engagement using physical, graphical and tangible user interface. In: Tangible and Embedded Interaction (TEI’2008), 2., 2008, Bonn, Germany. Proceedings P. 191-198.

LÉVY, P. Intelligence Technologies: the future of thinking in the information age. 13.ed. São Paulo: Editora 34; 2004.

MAGALHÃES, E. As concepções das aplicações da mediação tecnológica na educação. Revista Científica Semana Acadêmica. Fortaleza, ano MMXXIV, Nº. 000242, 26/01/2024. Disponível em: https://semanaacademica.org.br/artigo/concepcoes-das-aplicacoes-da-mediacao-tecnologica-na-educacao-0. Acesso em: 26 abr. 2024.

MARCHETI, P.T, MEZZOMO, C.L, CIELO, C.A. Desempenho em consciência silábica e fonêmica em crianças com desenvolvimento de fala normal e desviante. Rev CEFAC. 2010; 12(1):12-20. DOI: 10.1590/S1516-18462009005000048.

MENDES, I. Mediação tecnológica na educação: análise conceitual desta área de intervenção educomunicativa. Anais VI CONEDU. Campina Grande: Realize Editora, 2019. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/61063. Acesso em: 26 abr. 2024.

MORAIS, A. G.; ALBUQUERQUE, E. B. C. Alfabetização e letramento: O que são? Como se relacionam? Como “alfabetizar letrando”? Recife, PE: Construir Notícias, v. 07 n.37, p. 5-29, nov/dez, 2007. Disponível em: https://www.construirnoticias.com.br/alfabetizacao-e-letramento/. Acesso em 20 abr. 2024.

MORAIS, A. G. Consciência Fonológica na Educação Infantil e no Ciclo de Alfabetização. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2019.

PACHECO, L. P.; HÜBNER, L. C. Como o distanciamento social em tempos de pandemia desafia os estágios iniciais da aprendizagem da leitura em crianças. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 46, n. 85, p. 58-69, jan. 2021. ISSN 1982-2014. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/article/view/15672. Acesso em: 20 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.17058/signo.v46i85.15672.

PREUSS, E. et al. Uso de Mesa Tangível na Educação Inclusiva. In: Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, 31, 2020, Online. Anais [...]. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação, 2020. p. 742-751. Disponível em: https://sol.sbc.org.br/index.php/sbie/article/view/12830. Acesso em: 22 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.5753/cbie.sbie.2020.742.

QUEIROZ, M. de; SOUSA, F. G. A. de.; PAULA, G. Q. de. Educação e Pandemia: impactos na aprendizagem de alunos em alfabetização. Ensino em Perspectivas, [S. l.], v. 2, n. 4, p. 1 –9, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6057. Acesso em: 26 abr. 2024.

ROAZZI, A.; CARVALHO, M. R. O desenvolvimento de habilidades de segmentação lexical e a aquisição da leitura. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 76, n. 184, p. 477-548, 1995. DOI: 10.24109/2176-6681.rbep.76i184.1101.

SCLIAR-CABRAL, L, Sistema Scliar de Alfabetização – Roteiros para o professor. Vol. I. Florianópolis: Editora Lili, 2012.

SCLIAR-CABRAL, L. Textos Essenciais e Fundamentos do Sistema Scliar de Alfabetização. REVEL, edição especial n. 15, 2018. Disponível em: https://www.revel.inf.br/pt/edicoes/?id=51. Acesso em: 25 mai. 2023.

SCLIAR-CABRAL, L. Princípios do sistema alfabético do português do Brasil. 2. ed. Florianópolis: Editora Lili, 2022.

SITDHISANGUAN, K. et al. Using tangible user interfaces in computer-based training systems for low-functioning autistic children. Pers Ubiquit Comput, v. 16, p. 143-155, 2012. DOI: 10.1007/s00779-011-0382-4.

SOARES, M. A reinvenção da alfabetização. Presença pedagógica. v. 9, n. 52, p. 15-21, jul./ago. 2003. Disponível em: https://ria.ufrn.br/jspui/handle/1/122. Acesso em: 20 abr. 2024.

SOARES, M. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2018.

SOARES, M. Alfaletrar: toda criança pode aprender a ler e a escrever. São Paulo: Contexto, 2021

TOMASELLO, M. Origens culturais da aquisição do conhecimento humano. Tradução: Claudia Berliner. São Paulo: Martins Fontes, 2019.

VYGOTSKY, L. S. A Formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2019.

Downloads

Publicado

2024-06-24

Como Citar

KUSS, P. F.; SALETE, M.; HENRIQUES, R. V. B. Avaliação do Uso de uma Tecnologia sem fio para o desenvolvimento da consciência fonológica de crianças com defasagem de aprendizagem do sistema de escrita devido à pandemia de Covid-19. Olhares & Trilhas, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 1–22, 2024. DOI: 10.14393/OT2024v26.n.1.73348. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/73348. Acesso em: 24 jul. 2024.