Centro de Ensino de Ciências do Nordeste (CECINE) e uma história da formação de professores de matemática no Brasil

Conteúdo do artigo principal

Marcelo Bezerra de Morais
https://orcid.org/0000-0003-4563-822X

Resumo

Neste artigo, temos a intenção de apresentar uma versão histórica sobre a formação de professores de matemática ofertada pelo CECINE, levando em consideração mais estritamente o cenário do Rio Grande do Norte por ter sido o foco de nossos estudos. Para isso, lançamos mão de documentos constituídos a partir de uma operação historiográfica que mobilizou a História Oral como metodologia de pesquisa. Esta pesquisa, inserida em uma proposta de amplo espectro do Grupo História Oral e Educação Matemática, apresenta como apontamentos cursos ofertados pelo CECINE no qual buscou-se disseminar pelo Norte e Nordeste a Matemática Moderna e ainda a oferta de cursos de Licenciatura de Curta Duração em Ciências, que formou professores para atuar nessas regiões e ainda no Centro Oeste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Morais, M. B. de . (2021). Centro de Ensino de Ciências do Nordeste (CECINE) e uma história da formação de professores de matemática no Brasil . Ensino Em Re-Vista, 28(Contínua), e024. https://doi.org/10.14393/ER-v28a2021-24
Seção
DOSSIÊ - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

Referências

ABRANTES, A. C. S. Ciência, Educação e Sociedade: o Caso do Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Cultura (Ibecc) e da Fundação Brasileira de Ensino de Ciências (Funbecc). Tese de doutorado do Curso de Pós-graduação em história das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz. Rio de Janeiro. 2008.

BARALDI, I. M. Retraços da Educação Matemática na Região de Bauru (SP): uma história em construção. 2003. 241 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2003.

BARALDI, I. M.; GAERTNER, R. Textos e contextos: um esboço da CADES na história da educação (matemática). Blumenau: Edifurb, 2013.

BOTH, B. C. Sobre a formação de professores de matemática em Cuiabá - MT (1960-1980). 2014. 402 p. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2014.

BRITO, A. J.; CRUZ, S.S. L.; FERREIRA, J. P. C. A inserção do Movimento da Matemática Moderna na UFRN. Diálogo Educacional. PUCPR. V. 6. (18). p. 91 a 100. maio/agosto. 2006. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v6i18.3310.

BRITO, A. J.; GUTIERRE, L. S. A formação de professores que ensinavam matemática no Rio Grande do Norte entre 1960 e 1970: o convênio SUDENE/USAID. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 9., 2007, Belo Horizonte. Anais..., Belo Horizonte: [s.n.], 2007.

COUSIN, A. O. A. O Movimento da Matemática Moderna nos Boletins da Sociedade Paranaense de Matemática. Revista Diálogo Educacional (PUCPR. Impresso) , v. 11, p. 751-768, 2011. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v11i34.4489.

CURY, F. G. Uma História da Formação de Professores de Matemática e das Instituições Formadoras do Estado do Tocantins. Rio Claro, 2011. 289f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2011.

CURY, F. G. Uma narrativa sobre a formação de professores de Matemática em Goiás. Rio Claro, 2007. 201f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2007.

FERNANDES, D. N. Sobre a formação do professor de Matemática no Maranhão: cartas para uma cartografia possível. Rio Claro, 2011. 388f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2011.

FINATO, J. A. R.; BARALDI, I. M.; MORAIS, M. B. CADES: um ensaio sobre uma formação de professores de Matemática. Perspectivas da Educação Matemática, v. 5, p. 88-100, 2012.

GARNICA, A. V. M. (Org.). Cartografias Contemporâneas: Mapeando a Formação de Professores de Matemática no Brasil. 1ed.Curitiba: Appris, 2014.

GARNICA, A. V. M.; FERNANDES, D. N.; SILVA, H. Entre a amnésia e a vontade de nada esquecer: notas sobre regime de historicidade e história oral. Bolema (Rio Claro), v. 25, nº 41, p. 213-250, 2011.

GARNICA, A. V. M. (Org.). Oral History and Mathematics Education. 1ed. Cham (Alemanha): Springer, 2019.

GUTIERRE, L. S. O ensino da Matemática no Rio Grande do Norte (1950-1980): trajetória de uma modernização. 2008. 150 f. Tese (Doutorado) - UFRN, Natal, 2008.

LIMA, F. R. Grupo de Estudo do Ensino de Matemática – GEEM: Formação de Professores e o Movimento da Matemática Moderna no Brasil. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). Ponfitifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

MACENA, M. M. M. Sobre formação e prática de professores de Matemática: estudo a partir de relatos de professores, década de 1960, João Pessoa (PB). Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2013.

MAURÍCIO, L. A. Centro de Ciências: origens e desenvolvimento – uma relação sobre seu papel e possibilidades dentro do contexto educacional. Dissertação de mestrado em Educação no Instituto de Física/Faculdade de Educação USP, São Paulo. 1992.

MELO, P. B. Minhas memórias da Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró. Mossoró: ESAM/FGD, 1982.

MIRANDA, B. C. B. A CADES e um novo modelo de professor secundário nas décadas de 1950 e 1960. 2019. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2019.

MORAIS, M. B. Peças de uma história: formação de professores de matemática na região de Mossoró/RN. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, UNESP, Rio Claro, 2012.

MORAIS, M. B. Se um viajante... Percursos e Histórias sobre a formação de professores de matemática no Rio Grande do Norte. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, UNESP, Rio Claro, 2017.

SEARA, H. F. Núcleo de Estudo e Difusão do Ensino da Matemática – NEDEM – “Não é Difícil Ensinar Matemática”. 2005. 228 f. Dissertação (Mestrado) – Setor de Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2005.

SILVA, B. C. Breve história do CECINE: como a ciência virou dúvida e investigação. 2012 (mímeo)

SILVA, H. Centro de Educação Matemática (CEM): fragmentos de identidade. Rio Claro, 2006. 480f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro (SP), 2007.

SOUZA, L. A.; GARNICA, A. V. M. Movimentos de um Movimento: um estudo sobre os significados atribuídos ao escolanovismo e seus ritmos. Educação Matemática Pesquisa (Online), v. 14, p. 481-506, 2012.

UNESCO. Brazil - National Centre for Research and Development in Science Teaching. Paris, August 1968.

VALENTE, W. R. A Matemática Moderna nas Escolas do Brasil: Um Tema Para Estudos Históricos Comparativos. Revista Diálogo Educacional, v. 6, n. 18, p. 19-34, 2006. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v6i18.3214.

VALENTE, W. R. Osvaldo Sangiorgi e o Movimento da Matemática Moderna no Brasil. Revista Diálogo Educacional, v. 8, n. 25, p. 583-613, set./dez. 2008. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v8i25.3724.