A GEOGRAFIA E OS PEDAGOGOS EM FORMAÇÃO: COMO O PCK ATENDE AOS FUTUROS PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?

Autores

  • Helania Martins de Souza Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Valéria de Oliveira Roque Ascenção Universidade Federal de Minas Gerais https://orcid.org/0000-0002-5771-4878

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG249567160

Palavras-chave:

Conhecimento, Pedagogia, Conteúdo, Reflexão

Resumo

O conceito de Conhecimento Pedagógico do Conteúdo, termo português para Pedagogical Content Knowledge (PCK), foi cunhado pelo psicólogo educacional americano Lee Shulman em meados dos anos 1980. Conhecimento Pedagógico do Conteúdo refere-se ao conhecimento profissional específico do professor. Neste artigo, apresentamos a possibilidade do PCK como instrumento para compreender e potencializar o desenvolvimento profissional do professor em formação. Acreditamos que sua apropriação por parte dos pedagogos em formação é um campo fecundo para auxiliá-los na reflexão de suas práticas e no processo de aquisição de conhecimento. Como consequência, teremos profissionais mais capacitados em sala de aula para o desafio do magistério. Consideramos também a importância do PCK para os professores de Geografia como relevante instrumento que permite desenvolver práticas mais reflexivas sobre a sua própria ação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helania Martins de Souza, Universidade do Estado de Minas Gerais

Possui graduação em GEOGRAFIA pela Universidade Federal do Ceará (UFC) 2002; Especialização em Metodologia do Ensino de Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) 2009; Mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) 2015 e Doutorado em andamento pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 2020. Atualmente é professora na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) no curso de Pedagogia. Atua nas áreas de educação, patrimônio e metodologia do ensino de geografia.

Valéria de Oliveira Roque Ascenção, Universidade Federal de Minas Gerais

Graduação em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1991), mestrado em Faculdade de Educação- FAE/UFMG (2003) (conceito 7 CAPES) e doutorado em Geografia e Análise Ambiental (conceito 6 Capes) pelo Instituto de Geociências/UFMG (2009). Atualmente é Professor Associado I no curso de Geografia do IGC/UFMG, atuando em disciplinas de Prática de Ensino e Estágio Supervisionado obrigatório (graduação) e na Pós-graduação em Geografia lecionando a disciplina Metodologia da Pesquisa Qualitativa, Orienta trabalhos de mestrado e doutorado focados no ensino, no currículo e na formação de professores de Geografia. Atua como professora e pesquisadora colaboradora junto ao Núcleo de Ensino e Pesquisas em Educação Geográfica - NEPEG (IESA/UFG). Coordenou (março de 2014 a março 2018) o subprojeto Geografia do Programa Instituição de Bolsas de Iniciação à Docência-Geografia (Pibid Geografia) e atualmente coordenada o subprojeto Geografia no Programa Residência UFMG. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em sócio cognição, formação docente, prática pedagógica em Geografia Escolar. Coordena, desde 2012, o Grupo de Estudos em Ensino e Pesquisa em Geografia (GEPEGEO) da UFMG.

Downloads

Publicado

02-10-2023

Como Citar

SOUZA, H. M. de; ASCENÇÃO, V. de O. R. A GEOGRAFIA E OS PEDAGOGOS EM FORMAÇÃO: COMO O PCK ATENDE AOS FUTUROS PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 24, n. 95, p. 198–209, 2023. DOI: 10.14393/RCG249567160. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/67160. Acesso em: 12 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos