CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: UMA CONTRIBUIÇÃO METODOLÓGICA AO ESTUDO DO COMPORTAMENTO PLUVIOMÉTRICO NAS CIDADES

Autores

  • Paulo Cezar Mendes Prof. Dr. da Universdade Federal de Uberlândia
  • Antônio Giacomini Ribeiro Prof. Dr. da Universdade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG103116136

Palavras-chave:

Chuvas, gênese, estrutura, cidade

Resumo

Este artigo é uma síntese da dissertação de mestrado intitulada "Gênese e Estrutura Espacial das Chuvas na Cidade de Uberlândia-MG" que, baseada nos preceitos da Climatologia Geográfica, buscou a compreensão da gênese das chuvas na cidade de Uberlândia por meio de interpretação de cartas sinóticas e da análise rítmica; a estrutura espacial das chuvas, por meio da instalação de uma rede de 30 pluviômetros e de uma série mapas que representassem a distribuição das chuvas no perímetro urbano da cidade. Os dados obtidos demonstraram que o comportamento das chuvas na cidade de Uberlândia, é fortemente condicionado pelo ritmo de sucessão dos sistemas atmosféricos, principalmente a Frente Polar (IT) e as Linhas de Instabilidade (IT), responsáveis em grande parte pela distribuição, altura e também, deslocamento das precipitações na cidade de Uberlândia-MG.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-09-2009

Como Citar

MENDES, P. C.; RIBEIRO, A. G. CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA: UMA CONTRIBUIÇÃO METODOLÓGICA AO ESTUDO DO COMPORTAMENTO PLUVIOMÉTRICO NAS CIDADES. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 10, n. 31, p. 61–74, 2009. DOI: 10.14393/RCG103116136. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16136. Acesso em: 12 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos