Uma Educação Física Histórico-Cultural (?) Os significados das atividades da cultura corporal como uma problemática geral de pesquisa para a área

Conteúdo do artigo principal

Carolina Picchetti Nascimento
https://orcid.org/0000-0002-8146-6771

Resumo

Discuto neste ensaio alguns sentidos pedagógicos em propormos uma perspectiva Histórico-Cultural para o ensino da Educação Física. Defendo que o processo de identificação e proposição dos significados das atividades da cultura corporal constitui-se em uma problemática central para as pesquisas em Educação Física direcionadas a efetivar um ensino desenvolvimental na escola. Metodologicamente, analiso uma situação concreta de ensino e de aprendizagem a fim de desencadear uma discussão sobre a relação entre os conhecimentos de ensino em Educação Física e os processos de desenvolvimento dos sujeitos, professores e estudantes. A análise dessa situação procura evidenciar como o sistema de conhecimentos a serem trabalhados na dinâmica da atividade pedagógica da Educação Física direciona de forma decisiva as ações com as quais professores e estudantes podem se engajar em suas atividades de ensino e de estudo com um determinado conteúdo da cultura corporal.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Nascimento, C. P. (2018). Uma Educação Física Histórico-Cultural (?) : Os significados das atividades da cultura corporal como uma problemática geral de pesquisa para a área . Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 2(2), 339–363. https://doi.org/10.14393/OBv2n2a2018-3
Seção
Dossiê Didáticas específicas à luz da teoria histórico-cultural

Referências

ARAÚJO, Elaine Sampaio. Organização do ensino e aprendizagem docente. Tese de Livre Docência–Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

ASBAHR, Flavia da Silva Ferreira. “Por que aprender isso, professora?” Sentido pessoal e atividade de estudo na Psicologia Histórico-Cultural –Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2011.

BRACHT, Valter. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Cadernos Cedes, ano XIX, nº 48, Agosto/99.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez. 1992.

DAVIDOV, Vasili. V. Laenseñanza escolar y el desarrollo psíquico: investigación teórica y experimental. Moscú: Editorial Progreso, 1988.

DAVYDOV, Vasili. V. Tipos de generalización en la enseñanza. Havana: Pueblo y Educación, 1982.

LEONTIEV, Alex N. Actividad, conciencia y personalidad. Havana: Pueblo y Educación, 1983.

______.O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte, 1978.

______. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, L. S; LURIA, A. R; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: ICONE, 1988(p. 59-83).

KOPNIN, Pavel V. A dialética como lógica e teoria do conhecimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

MARTINS, Ligia Márcia. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Tese (livre docência) – Universidade Estadual Paulista. Bauru, 2011.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2004.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich.A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

MOURA, Manoel Oriosvaldo de. A atividade de ensino como unidade formadora. Bolema. São Paulo, ano II, n.12, p.29-43, 1996.

______. Pesquisa colaborativa: um foco na ação formadora. In: BARBOSA, Raquel Lazzari Leite (Org).Trajetórias e perspectivas da formação de educadores. São Paulo: Editora UNESP, 2004. (p.257-285).

______. O educador matemático na coletividade de formação: uma experiência com a escola pública.2000. 131 f. Tese (Livre Docência em Metodologia do Ensino de Matemática) –Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

MOURA, Manoel Oriosvaldo et al. A atividade orientadora de ensino: unidade entre ensino e aprendizagem. In: MOURA, M.O (Org). A Atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Campinas: Autores Associados, 2016. (pp.93-126).

NASCIMENTO, Carolina Picchetti. A atividade pedagógica da Educação Física, a proposição dos objetos de ensino e o desenvolvimento das atividades da cultura corporal.2014. 293 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

______. A organização do ensino e a formação do pensamento estético-artístico na teoria histórico-cultural.2010. 249 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

OLIVEIRA, Vitor Marinho de. O que é educação física. São Paulo: Editora brasiliense, 11.ed, 2004.

RUBINSTEIN, Sergei. Princípios da psicologia geral. Lisboa: Editorial Estampa, 1973.

SIEDENTOP, Daryl. Content Knowledge for Physical Education. Journal of teaching in physical education, v. 21, n.4, p. 368-377, jul. 2002.

VAGO, Tarcísio Mauro. Pensar a educação física na escola: para uma formação cultural da infância e da juventude.Cadernos de Formação RBCE, p. 25-42, set. 2009.

VIGOTSKI, Lev Semionovich. Teoria e Método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

______. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

VIGOTSKY, Lev Semionovich. Imaginación y creación en la edad infantil. Havana: Pueblo y Educación. 2004. VYGOTSKI, Lev Semionovich. Obras Escogidas. Tomo III. Madri: Visor, 1995.

______. Obras Escogidas. Tomo IV. Madri: Visor, 1996.

______. Obras Escogidas. Tomo V. Madri: Visos, 1997.

VYGOTSKII, Lev Semionovich. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VYGTOSKY, L. V; LURIA, A. R; LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: ED. Ícone, 1988. (p. 103-117).

VYGOTSKY, Lev Semionovich. A transformação socialista do homem. In:URSS: Varnitso, 1930. Tradução de Nilson Dória: Marxist Internet Archive, 2004. Disponível em: <http://www.marxists.org/portugues/vygotsky/1930/mes/transformacao.htm>. Acesso em: 5 de jun. de 2018.