AVALIAÇÃO ECONÔMICA DA CRIAÇÃO DE TILÁPIAS DO NILO EM ALTA DENSIDADE E INTEGRADA À PRODUÇÃO DE ALFACES EM SISTEMA HIDROPÔNICO: COMUNICAÇÃO

Autores

  • Adriano Pirtoscheg FAMEV - UFU
  • Milena Maia Souto FAMEV - UFU
  • Leando Zucollotto Crivelenti UNESP, câmpus de Jaboticabal
  • Sofia Borin Unesp Jaboticabal
  • Maurício Scoton Igarasi FAMEV UFU

Palavras-chave:

desempenho econômico, sistema hidropônico, Oreochromis niloticus

Resumo

A tilápia do Nilo é uma das espécies de peixes mais cultivadas no mundo. Adapta-se tanto a sistemas de cultivo extensivos, quanto aos semi-intensivos e super-intensivos. Estes sistemas permitem altas densidades de cultivo, mas são exigentes em tecnologias de produção. Esta pesquisa teve a finalidade de analisar o desempenho econômico da criação de tilápias do Nilo em alta densidade, integrada à produção de alfaces em sistema hidropônico. Trabalhou-se com dados provenientes de um projeto de pesquisa com piscicultura super-intensiva conduzido no período de agosto de 2005 a julho de 2006. Os preços dos bens de capital fixo empregados no projeto, dos insumos consumidos e dos produtos produzidos foram pesquisados no mercado de Uberlândia, no primeiro semestre de 2007. Os custos foram divididos em fixos e variáveis e a receita proveniente da produção de alfaces foi transformada em unidades equivalentes de preço da tilápia. Os resultados da análise de desempenho econômico indicam que a atividade proporcionou uma receita de R$ 68,55, um custo de R$ 106,33 e um prejuízo operacional de R$ 37,78 por ciclo de 120 dias. Os custos variáveis participaram com 44,56% do custo total e os fixos, com 55,44%. Os resultados econômicos mostraram que a criação de tilápias do Nilo em sistema super-intensivo e integrado à produção de alfaces apresentou-se inviável, pois a receita foi inferior aos custos e proporcionou resultado líquido negativo. Entretanto, a proposta possibilitou a produção de alimentos de qualidade e sem agressão ao meio-ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Pirtoscheg, FAMEV - UFU

Graduado em em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1972), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983) e doutorado em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é membro do conselho editorial da revista Veterinária Notícias (0104-3463) e professor adjunto da Universidade Federal de Uberlândia. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em produção animal, atuando principalmente nos seguintes temas: custo, análise econômica da produção e agricultura familiar.

Milena Maia Souto, FAMEV - UFU

ACAD

Leando Zucollotto Crivelenti, UNESP, câmpus de Jaboticabal

Graduado em Medicina Veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), residência em clínica e cirurgia de pequenos animais na Universidade de Franca. Atualmente pós-graduando em clínica médica de pequenos animais na Universidade Estadual Paulista - UNESP, câmpus de Jaboticabal.

Downloads

Publicado

2013-01-11

Como Citar

Pirtoscheg, A., Maia Souto, M., Crivelenti, L. Z., Borin, S., & Igarasi, M. S. (2013). AVALIAÇÃO ECONÔMICA DA CRIAÇÃO DE TILÁPIAS DO NILO EM ALTA DENSIDADE E INTEGRADA À PRODUÇÃO DE ALFACES EM SISTEMA HIDROPÔNICO: COMUNICAÇÃO. Veterinária Notícias - Vet Not, 17(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18952