CORRELAÇÃO CITOHISTOLÓGICA EM CASOS DE DOENÇAS HEPÃ?TICAS EM CÃES

Autores

  • Raimundo Alberto Tostes Universidade do Oeste Paulista
  • Enio Pedone Bandarra FMVZ - UNESP

Palavras-chave:

Citologia, doença hepática, fígado, cão

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar a concordância diagnóstica entre os exames citológico e histológico do fígado em cães portadores de afecções hepáticas. Foram utilizados 80 cães, sem predileção por sexo, raça ou idade, encaminhados ao Serviço de Patologia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP, Campus de Botucatu. O exame citológico foi feito por meio de citologia aspirativa por agulha fina. O estudo da concordância diagnóstica realizado pelo teste Q de Cochran concluiu que os diagnósticos referentes à citologia diferem significativamente do diagnóstico histológico de forma genérica. Contudo ficou caracterizada a importância da citologia como método de abordagem inicial do paciente na tentativa de fazer uma triagem da natureza da lesão hepática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-27

Como Citar

Alberto Tostes, R., & Pedone Bandarra, E. (2008). CORRELAÇÃO CITOHISTOLÓGICA EM CASOS DE DOENÇAS HEPÃ?TICAS EM CÃES. Veterinária Notícias - Vet Not, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18828

Edição

Seção

Artigos