Síntese e complexidade no pensamento geográfico / Synthesis and Complexity in Geographic Thinking
PDF

Como Citar

ABRAHÃO, C. M. de S. Síntese e complexidade no pensamento geográfico / Synthesis and Complexity in Geographic Thinking. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 21, n. 2, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/9517. Acesso em: 30 jun. 2022.

Resumo

Neste artigo tratamos dos marcos da Geografia Moderna através da reflexão sobre os elementos que caracterizaram a influência do romantismo alemão. Para tanto, destacamos a herança humboltiana e de alguns de seus seguidores, que estiveram em expedições pela América ao longo do século XIX. Através da obra destes cientistas é possível perceber o esforço de interconectar formas de compreensão da realidade que foram consideradas incompatíveis pela ciência moderna, a racional e a artística. Contemporaneamente percebe-se um percurso da Geografia em busca de uma nova matriz científica, que dê suporte à complexidade dos fenômenos. Neste contexto, confirma-se e revitaliza-se a necessidade de refletir sobre as contribuições dos naturalistas viajantes do século XIX.
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...