Desenvolvimento como Liberdade no Brasil
PDF-pt
PDF-en (English)

Palavras-chave

Sustentabilidade
Privações
Capacidades

Como Citar

DALTO, K. K. S. .; PIRES, M. M. .; AGUIAR, P. C. B. Desenvolvimento como Liberdade no Brasil. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 33, 2021. DOI: 10.14393/SN-v33-2021-59137. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/59137. Acesso em: 16 ago. 2022.

Resumo

A busca pelo desenvolvimento socioeconômico vem sendo um dos principais objetivos a nortear políticas de governos em diferentes países. O aprofundamento da crise ambiental e a demanda por bem-estar têm levado governos e sociedade a discutirem novos modelos de desenvolvimento e instrumentos capazes de mensurá-los. O presente trabalho insere-se nesta temática ao estruturar um índice de desenvolvimento lastreado nos estudos de Amartya Sen, cuja teoria assenta-se na expansão das liberdades individuais e na extinção das privações que restringem suas oportunidades. Este artigo tem como principal objetivo analisar a realidade socioeconômica das unidades federativas e regiões brasileiras por meio de um Índice de Desenvolvimento como Liberdade (IDL) e subíndices das Liberdades Instrumentais preconizadas por Amartya Sen. Para tanto, aplicam-se os pressupostos teóricos para definição e levantamento de variáveis, identifica-se na legislação brasileira a tutela das liberdades que reflitam valores nacionais, e testam-se os subíndices e o índice, aplicando-os para compreender a realidade nacional, regional e estadual. Os resultados apontaram que o Brasil se apresenta em condição “regular” de desenvolvimento, com IDL de 0,50. Ficou evidente a forte vulnerabilidade social nas Regiões Nordeste e Norte e o não atendimento das necessidades sociais pelas esferas governamentais no nível demandado, afirmativa reforçada pelo baixo e o regular subíndice que obtiveram para as Oportunidades Sociais. Há concentração de riqueza no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país e maior acesso às oportunidades, e no Nordeste há um número maior de estados com baixo desempenho socioeconômico.

https://doi.org/10.14393/SN-v33-2021-59137
PDF-pt
PDF-en (English)

Referências

ANDRADE, S. F.; PIRES, M. M.; FERRAZ, M. I. F. F.; PINHEIRO, M. M. S. Índice de Desenvolvimento Como Liberdade: uma proposta teórico-metodológica de análise. Desenvolvimento em Questão, ano 14, n. 34, abr./jun. 2016, p. 5-59. https://10.21527/2237-6453.2016.34.5-59.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Atualizada até a Emenda Constitucional nº 105. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm. Acesso em: 07 abr. 2019.

BRASIL. Estatísticas eleitorais, 2018. Brasília, DF: Tribunal Superior Eleitoral, 2018a. Disponível em: https://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/estatisticas-eleitorais. Acesso em: 14 jan. 2019.

BRASIL. Percentual de queixas consumeiristas resolvidas em relação às realizadas em órgãos oficiais de defesa. Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor - SINDEC. Brasília: Ministério da Justiça; Secretaria Nacional do Consumidor, 2018b. Disponível em: HTTPS://sindecnacional.mj.gov.br/pentaho/api/repôs/%3Apublic%3ASindec%3AMapa%3ASINDEC_Mapa.wcdf/generatedContent Acesso em: 15 jan. 2019.

BRASIL. Média das notas do IDEB de todos os níveis de ensino. Censo escolar, 2018. Brasília: Ministério da Educação; INEP, 2018c. Disponível em: HTTP://portal.inep.gov.br/educacao-basica/saeb. Acesso em: 15 jan. 2019.

BRASIL. Percentual de cobertura vacinal total. Pesquisa Nacional de Imunizações, 2018. Brasília: Ministério da Saúde; DATASUS, 2018d. Disponível em: HTTP://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area0202&id=11637. Acesso em: 17 fev. 2019.

BRASIL. Razão entre número de equipes de saúde por mil habitantes. Brasília: Ministério da Saúde; DATASUS, 2018e. Disponível em: HTTP://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0204&id-11676 Acesso em: 17 fev. 2019.

BRASIL. Razão entre número de médicos e habitantes. Ministério da Saúde; CNES, 2018f. Disponível em: HTTP://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?cnes/cnv/prid02br.def Acesso em: 20 fev. 2019.

BRASIL. Razão de leitos por 100 mil habitantes. Ministério da Saúde; CNES, 2018g. Disponível em: HTTP://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0204&id=11663&VObj=http://tabnet.atasus.gog.br/cgi/deftohtm.exe?cnes/cnv/consul. Acesso em: 20 fev. 2019.

BRASIL. Taxa de homicídios por 100 mil habitantes. Painel com as estatísticas nacionais. Brasília: Ministério da Justiça, Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, 2018h. Disponível em: HTTPS://justica.gov.br/sua-seguranca/seguranca-publica/sinesp-1/bi/dados-seguranca-publica. Acesso em: 20 fev. 2019.

BRASIL. Percentual de cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI) pelos estados conforme informações obrigatórias. Brasília: Portal da Transparência da Controladoria Geral da União, 2018i. Disponível em: HTTP://www.portaldatransparencia.gov.br. Acesso em: 22 fev. 2019.

BRASIL. Percentual de estados que cumprem a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) quanto aos gastos públicos. Boletim de finanças dos entes subnacionais, 2018. Brasília: Ministério da Fazenda, 2018j. Disponível em: HTTP://www.tesourotransparente.gov.br/temas/estados-e-municipios/boletim-de-financas-dos-entes-subnacionais Acesso em: 22 fev. 2019.

BRASIL. Taxa de crescimento de beneficiários do Programa Bolsa Família em relação à população total entre 2015 – 2018. Brasília: Controladoria Geral da União, 2018k. Disponível em: HTTP://www.portaldatransparencia.gov.br/beneficios. Acesso em: 22 fev. 2019.

BRASIL. Taxa de crescimento do número de beneficiários do BPC em relação à população total entre 2015 – 2018. Brasília: Ministério da Previdência, 2018l. Disponível em: HTTP://www.previdencia.gov.br/dados-abertos/. Acesso em: 22 fev. 2019.

CNT – Confederação Nacional dos Transportes. Número de caminhões por km de malha rodoviária. Anuário do transporte. Brasília: CNT, 2016. Disponível em: HTTP://anuariodotransporte.cnt.org.br/2018/Rodoviario/1-3-1-1-1-/Malha-rodovi%C3%A1ria-total. Acesso em: 15 jan. 2019.

HOFFMANN, R. Estatística para Economistas. São Paulo: Pioneira, Thomson Learning, 2006. pp. 93-100.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Valor adicionado da indústria em razão do total adicionado à economia. Contas regionais do Brasil, 2011. Rio de Janeiro: IBGE, 2013a. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/ Acesso em: 15 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de municípios com legislação ambiental própria. Perfil dos municípios brasileiros, 2013. Rio de Janeiro: IBGE, 2013b. Disponível em: HTTP://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ids/tabelas. Acesso em 21 fev. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de municípios com fundo municipal para o meio ambiente. Perfil dos municípios brasileiros, 2013. Rio de Janeiro: IBGE, 2013c. Disponível em: HTTP://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ids/tabelas. Acesso em 21 fev. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Razão entre áreas destinadas a unid. De conservação e área total do estado. Perfil dos municípios brasileiros, 2013. Rio de Janeiro: IBGE, 2013d. Disponível em: HTTP://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ids/tabelas. Acesso em: 21 fev. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Razão entre policiais civis e militares e população. Pesquisa de informações básicas estaduais, 2014. Brasília: IBGE, ESTADIC, 2014. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/busca.html?searchword=Raz%C3%A3o+entre+policiais+civis+e+militares+e+popula%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 20 fev. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de moradores em domicílios permanentes com acesso à TV. Pesquisa nacional por amostra de domicílios, 2015a. Rio de Janeiro: IBGE, 2015. Disponível em:HTTPS://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad/geral/pesquisa-basica. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de pessoas com mais de 10 anos com acesso a internet. Pesquisa nacional de amostra de domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015b. Disponível em: HTTP://servicodados.ibge.gov.br/Download/Download.ashx?u=ftp.ibge.gov.br/Acesso_a_internet_e_posse_celular/2015/Tabelas_de_Resultados/indice_de_tabelas.txt. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de domicílios com renda familiar média igual ou inferior a 1 salário mínimo per capita. Pesquisa nacional por amostra de domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015c. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/tabela/1941#resultado.. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de crianças com idade entre 5 e 14 anos trabalhando. Pesquisa nacional por amostra de domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015d. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/tabela/1926#resultado. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de frequência escolar líquida. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015e. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de municípios com coleta de lixo por empresa coletora. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015f. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de municípios com coleta seletiva de lixo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015g. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de domicílios com esgotamento sanitário ligado à fossa ou rede séptica. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015h. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de domicílios com acesso a energia elétrica. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2015i. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pnad Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Variabilidade de títulos de jornais impressos por habitantes. GUIA de mídia, 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2016a. Disponível em: HTTPS://www.guiademidia.com.br. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de acidentes e mortes no trabalho. Demografia das empresas e estatísticas de empreendedorismo, 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2016b. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/tabela/2272#resultado. Acesso em: 15 jan. 2019.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produto Interno Bruto dos estados. In: IBGE. Sidra: sistema IBGE de recuperação automática. Rio de Janeiro: IBGE, 2016c. Disponível em: HTTPS://www.ibge.gov.br/explica/pib.php. Acesso em: 21 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Perfil dos estados brasileiros, 2017. Pesquisa de informações básicas estaduais. Rio de Janeiro: IBGE, 2017a. Disponível em: HTTPS://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados.html.. Acesso em: 12 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Percentual de domicílios com acesso a água tratada. Pesquisa nacional de saneamento básico, 2017. Rio de Janeiro: IBGE, 2017b. 128p. Disponível em: HTTP://biblioteca.ibge.gov.br. Acesso em: 15 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Informações por doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado (Unid. Por 100 mil hab.). Indicadores do desenvolvimento sustentável, 2017. Rio de Janeiro: IBGE, 2017c. Disponível em: HTTP://www.sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ids/tabelas. Acesso em: 17 fev. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de ocupação de homens. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018a. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/home/pnadct/brasil. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de ocupação de mulheres. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018b. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/home/pnadct/brasil. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Razão da renda média entre homens e mulheres. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018c. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/home/pnadct/brasil. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Razão entre fiscais do trabalho por 10 mil trabalhadores. Demografia das Empresas e Estatísticas de Empreendedorismo. Pesquisa nacional por amostra de domicílios continua trimestral, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018d. Disponível em: HTTP://www.ibge.gov.br/estatiticas/sociais/trabalho/9173-pesquisa-nacional-por amostra-de-domicilios-continua-trimestral.html?edicao=23841&t=resultados. Acesso em: 15 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de analfabetismo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínuos, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018e. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/home/pnadct/brasil. Acesso em: 14 jan. 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Taxa de conclusão de nível superior. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2018f. Disponível em: HTTPS://sidra.ibge.gov.br/home/pnadct/brasil. Acesso em: 14 jan. 2019.

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. O Crescimento do Uso de Agrotóxicos: uma Análise Descritiva dos Resultados de Censo Agropecuário 2017. Brasília: IPEA, 2020. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/nota_tecnica/200429_nt_disoc_n65.pdf. Acesso em: 21 fev. 2020.

MALHEIROS, T. F.; COUTINHO, S. M. V.; PHILIPPI, JR.A. Indicadores de Sustentabilidade: uma abordagem conceitual. In: PHILIPPI, JR. A.; MALHEIROS, T.F.(Org.). Indicadores de Sustentabilidade e Gestão Ambiental. Barueri, SP: Manole, 2012. pp. 1-29.

PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Esperança de vida ao nascer. Brasília: PNUD Brasil, IPEA, FJP, PNAD, 2013a. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/consulta/planilha. Acesso em: 20 fev. 2019.

PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Taxa de mortalidade infantil. Brasília: PNUD Brasil, IPEA, FJP, PNAD, 2013b. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/consulta/planilha. Acesso em: 20 fev. 2019.

PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Atlas de Desenvolvimento Humano no Brasil. IDHM PNAD, 2017. Brasília: PNUD Brasil, IPEA, FJP, 2017. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/consulta/planilha. Acesso em: 23 fev. 2019.

SEN, A. K. On economic inequality. New York: Oxford University Press, 1997. Disponível em: https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=Kb03KNreUqcC&oi=fnd&pg=PA1&dq=On+economic+inequality&ots=acfmP-ykNE&sig=GWyFDYoUNcQQmGHSes0mFFCAP0Y#v=onepage&q=On%20economic%20inequality&f=false. Acesso em: 23 de abr. 2019.

SEN, A. K. Sobre ética e economia. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

SEN, A. K. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia de Bolso, 2010.

SMITH, A. Inquérito sobre a natureza e as causas da riqueza das nações. v. II, 3ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1999.

SMITH, A. Teoria dos sentimentos morais, ou, Ensaio para uma análise dos princípios pelos quais os homens naturalmente julgam a conduta e o caráter, primeiro de seus próximos, depois de si mesmos. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

UNITED NATIONS. UNDP 2017 and various years. Human Development Index (HDI) Trends. Various years. On-line database.

VEIGA, J. E. Indicadores de sustentabilidade. Estudos Avançados, 24 (68), 2010. p. 39-52. https://doi.org/10.1590/S0103-40142010000100006

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...