Expansão agropecuária e degradação ambiental na bacia hidrográfica do rio Sepotuba - Alto Paraguai, Mato Grosso - Brasil
PDF-pt
PDF-en (English)

Palavras-chave

Uso da terra
Análise ambiental
Geotecnologias
rio Sepotuba
Mato Grosso

Como Citar

DOS SANTOS LEANDRO, G. R.; ROCHA, P. C. Expansão agropecuária e degradação ambiental na bacia hidrográfica do rio Sepotuba - Alto Paraguai, Mato Grosso - Brasil. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 31, 2019. DOI: 10.14393/SN-v31-2019-45603. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/45603. Acesso em: 29 jun. 2022.

Resumo

As diversas formas de apropriação geram importantes mudanças e impactos nas paisagens. Nesse sentido, o presente trabalho objetivou analisar a evolução espaço-temporal da expansão agropecuária, bem como os índices de degradação ambiental na bacia hidrográfica do rio Sepotuba, Alto Paraguai - Mato Grosso. Para tanto, imagens de satélite foram georreferenciadas, classificadas e processadas para o período de 1986-2016. Os mapas temáticos foram validados com auxílio do índice Kappa e subsidiaram a avaliação das mudanças com o índice de Transformação Antrópica - ITA. Os resultados mostraram que há forte relação entre a agropecuária e a supressão de importantes extensões da cobertura nativa. No alto e médio curso, Tangará da Serra como polo tem importante papel em relação às monoculturas; e no baixo curso, Cáceres exerce sua influência com a predominância da pecuária. Importantes fitofisionomias que compõem a bacia hidrográfica do rio Sepotuba foram identificadas - resultado da convergência entre os biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal. Os resultados obtidos indicam ainda diferentes graus de comprometimento da qualidade ambiental no sistema do rio Sepotuba, conforme a expansão dos usos e ocupação da terra em suas sub-bacias hidrográficas.

https://doi.org/10.14393/SN-v31-2019-45603
PDF-pt
PDF-en (English)

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...