Desafios da cadeia da restauração florestal no Vale do Paraíba Paulista
PDF

Palavras-chave

Restauração Florestal
Vale do Paraíba Paulista
Mercado Florestal.

Como Citar

ANDRADE, A.; BARGOS, D. C.; FIALHO, T. M.; CRISTOFARO, S. Desafios da cadeia da restauração florestal no Vale do Paraíba Paulista. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 30, n. 3, p. 257–277, 2018. DOI: 10.14393/SN-v30n3-2018-13. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/42145. Acesso em: 15 ago. 2022.

Resumo

O compromisso assumido pelo Brasil na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2015 - COP 21 de restaurar 12 milhões de hectares de floresta em seu território ganhou destaque nos debates e atividades de todos os envolvidos na cadeia da restauração florestal no país em função, principalmente, do desconhecimento da capacidade de articulação e preparo do segmento em diferentes níveis para enfrentar o desafio da restauração florestal em larga escala. O principal objetivo deste trabalho foi realizar um diagnóstico preliminar da situação atual e dos principais desafios para a estruturação da cadeia de restauração florestal do Vale do Paraíba Paulista. Os resultados indicam que é necessária uma maior e melhor articulação entre os segmentos da cadeia da restauração florestal da região para garantir a movimentação da economia local/regional, a viabilidade econômica e o cumprimento dos padrões técnicos e de adequação às normas e legislação vigentes no exercício das atividades ligadas a cadeia da restauração; e, que esta enfrenta grandes desafios, comuns a outras regiões do país, que vão desde o acesso às sementes florestais e áreas para restaurar até a dificuldade no acesso aos recursos financeiros existentes e a carência de conhecimento e capacitação técnica no exercício das atividades principalmente do grupo dos executores.

https://doi.org/10.14393/SN-v30n3-2018-13
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...