O Gênio Ródio de Alexander Von Humboldt / The Alexander Von Humboldt's Rhodium Genius
PDF
PDF

Palavras-chave

Gênio Ródio
Humboldt
paisagem

Como Citar

SILVEIRA, R. W. D. O Gênio Ródio de Alexander Von Humboldt / The Alexander Von Humboldt’s Rhodium Genius. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 27, n. 1, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/27998. Acesso em: 25 maio. 2022.

Resumo

Neste artigo analisaremos o Gênio Ródio de Humboldt e as implicações filosóficas da sua publicação. A tarefa essencial consiste em delinear as possibilidades interpretativas e o caráter filosófico-sistemático da obra, ponderando as possibilidades interpretativas desta publicação em suas muitas modificações ao longo da vida de Humboldt. Considerando o importante debate estético do período e a forma como razão e sensibilidade se tornaram mutuamente dependentes na solução idealista romântica, o artigo visa esclarecer a dimensão representativa do Gênio Ródio e sua importância na transformação que ocorreu entre os anos de 1795 (data da primeira publicação) e 1849 (data da última edição dos Quadros da Natureza). Ao final, adentrando o debate científico, estético e filosófico, teremos a oportunidade de ver como Humboldt, ao confluir em sua obra as modificações interpretativas do Gênio Ródio se tornou o primeiro a incorporar cientificamente o conceito de paisagem como duplo objetivo/subjetivo sob as bases do discurso estético-filosófico na construção de uma ciência do Cosmos.
PDF
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são licenciados sob Creative Commons Attribution (BY), que permite o uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que o trabalho original seja devidamente citado.

 
 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...