Não somos uma ilha: aproximações da universidade com a luta pela reforma agrária

Autores

  • Luis Fernando de Miranda Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)
  • Diógenes Valdanha Neto Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

DOI:

https://doi.org/10.14393/rep-v15n22016-rel03

Palavras-chave:

Educação Popular. Educação do Campo. Reforma Agrária. Movimentos Sociais. MST

Resumo

O texto traz uma breve reflexão sobre o cenário político atual e localiza a realização da II Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária Popular, na Universidade Federal do Triângulo Mineiro, em Uberaba, Minas Gerais, nesse contexto.Â É apresentada a transcrição da fala de Seu Luis, acampado e militante do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) da região de Uberaba, proferida durante o evento. A importância da manifestação de quem vive e realiza a luta social é reforçada, e um convite para uma apreensão cuidadosa da fala é feito, visando possibilitar uma melhor compreensão desse cenário de luta pela reforma agrária e do papel que a universidade pode ter na construção desses caminhos. A busca do elemento popular da luta e da educação é enaltecida em sua
necessidade e potência libertadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Fernando de Miranda, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Membro da coordenação regional do MST em Uberaba.

Diógenes Valdanha Neto, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Biólogo (USP), mestre em Educação Escolar (UNESP), e doutorando em Educação (USP). Docente do departamento de Educação em Ciências, Matemática e Tecnologias da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Referências

ARBEX J

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 17. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

VALLA, V. V. A crise de interpretação é nossa: procurando compreender a fala das classes subalternas. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 21, n.2, p.177-190, 1996.

Downloads

Publicado

03-01-2017

Como Citar

DE MIRANDA, L. F.; VALDANHA NETO, D. Não somos uma ilha: aproximações da universidade com a luta pela reforma agrária. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 15, n. 2, p. 149–153, 2017. DOI: 10.14393/rep-v15n22016-rel03. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/34609. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Relatos de experiência