Formação em música na relação com o cotidiano: fragmentos dos últimos dez anos de pesquisas a partir de memorial

Autores

  • Ana Lúcia Louro UFSM

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v19n1a2023-66074

Palavras-chave:

Ensino Superior, Narrativas, Educação Musical.

Resumo

Este relato é um recorte do memorial apresentado a minha instituição, como requisito parcial à promoção a professor titular. Nele destaco a segunda linha de pesquisa desenvolvida em meu grupo de pesquisa e seus desdobramentos nos últimos dez anos.  Aponta a organização das publicações e orientações dentro dos subitens: Metodologia do ensino de Música no ensino superior (Disciplinas complementares de Graduação, Diálogos com os conhecimentos e experiências dos alunos, diários de aula e relatos autobiográficos); Diálogos extensionistas e olhando para o mundo da vida (Religiosidade Cristã e Instrumentistas- o caso dos acordeonistas). Ao final do texto reflito sobre a espiral do grupo de pesquisa junto a alguns apontamentos de Passeggi (2208) e Abrahão (2012). Considero estar dialogando com processos de socialização e trajetórias de formação. Memórias, narrativas, subjetividade e experiências em espaços educativos formais e informais relatados nas diferentes pesquisas.  Espero contribuir para o debate sobre o papel da Educação Musical como atividade eminentemente humana nestes tempos pós-Pandemia. Assim como descrever algumas circunstâncias da música, e de seu ensino, no cotidiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-08-29

Como Citar

LOURO, A. L. Formação em música na relação com o cotidiano: fragmentos dos últimos dez anos de pesquisas a partir de memorial. ouvirOUver, [S. l.], v. 19, n. 1, 2023. DOI: 10.14393/OUV-v19n1a2023-66074. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/66074. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Educação Musical e/no cotidiano: experiências, dilemas, perspectivas