Memórias Cartográficas

modos de olhar, ouvir, lembrar, criar e narrar com crianças e adultos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v17n2a2021-61099

Palavras-chave:

PALAVRAS-CHAVEProcessos cartográficos, mediação educativa, arte contemporânea, educação infantil.

Resumo

Estive atravessada por diferentes ritmos nos espaços escolar e museológico, em 2015 e 2016, acompanhando e vivendo os processos cartográficos de uma pesquisa realizada numa escola de Educação Infantil, na cidade de Fortaleza. Alguns autores foram como vagalumes nessa caminhada acadêmica, derramando centelha nos acontecimentos, fazendo-me enxergar múltiplas camadas. Dentre esses teóricos destaco Mikhail Bakhtin (1995), filósofo da linguagem, cujo pensamento alarga a reflexão produtora de sentidos a partir dos conceitos de dialogismo e heteroglossia. No que tange a cartografia, lancei mão dos estudos de Gilles Deleuze e Félix Guattari (2011), por pensar os processos de subjetivação de modo rizomático. O estudo teve como categoria central a mediação educativa, considerada como potencializadora de conhecimento artístico, cultural e sensível para todos os envolvidos no processo de formação. Tal mediação foi como um andaime na produção de sensibilidade, que acedeu à linguagem artística de crianças e adultos às obras de arte contemporânea.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Núbia Agustinha Carvalho Santos, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Núbia Agustinha Carvalho Santos é Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (UFC); graduada em Pedagogia pela mesma instituição e em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Em 2009 participou da Temporada Formativa pela Escola Porto Iracema das Artes (Fortaleza-CE). Atua como pesquisadora, arte educadora e artista visual. Sua produção poética é atravessada pela escrita, gravura, instalação e performance. No momento, é professora temporária da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e membro do Grupo Meio Fio de Pesquisa e Ação (IFCE).

Downloads

Publicado

2022-01-19

Como Citar

CARVALHO SANTOS, N. A. Memórias Cartográficas : modos de olhar, ouvir, lembrar, criar e narrar com crianças e adultos . ouvirOUver, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 331–345, 2022. DOI: 10.14393/OUV-v17n2a2021-61099. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/61099. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Processos de criação entre artes: experiências em arte e educação