Drama-processo Colônia Amapá ou Ensaios para um futuro nada animador

experimentações do ciberespaço como elemento potencializador do drama

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v16n2a2020-53835

Palavras-chave:

Drama-Processo, Ciberespaço, Prática pedagógica

Resumo

O seguinte artigo reflete sobre o Drama-processo desenvolvido durante a disciplina Prática Pedagógica III do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Amapá, experimentações em torno da relação entre Drama e ciberespaço, especificamente por meio da rede social Facebook, onde, a partir da criação de perfis ficcionais, os participantes do processo ampliaram o ambiente de discussão das temáticas trabalhadas, gerando com isso, o despertar para um pensamento crítico-reflexivo por parte dos futuros docentes em Teatro em relação ao panorama social do nosso país.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Flávio Gonçalves da Fonseca, Universidade Federal do Amapá - UNIFAP

José Flávio Gonçalves da Fonseca é graduado em Teatro (UFC), mestre em Artes (UFC), doutor em Artes (UFPA) e professor do curso de licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP. Interessa-se pela pesquisa dos processos de criação que atravessam tanto a prática artística como a prática docente, com ênfase nos estudos sobre a cena expandida e intermedial. Recentemente tem se interessado pelas investigações que permeiam a Arte e seus modos de dizibilidade.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

FONSECA, J. F. G. da. Drama-processo Colônia Amapá ou Ensaios para um futuro nada animador: experimentações do ciberespaço como elemento potencializador do drama. ouvirOUver, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 500–518, 2020. DOI: 10.14393/OUV-v16n2a2020-53835. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/53835. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas do Drama no Brasil