"Fiotim - O Museu em Movimento"

um desvio para o mar

Autores

  • Bárbara Mol UFMG

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v16n2a2020-50737

Palavras-chave:

Arte contemporânea, Limiares, Deslocamento

Resumo

Este artigo deriva da obra “Fiotim - O Museu em Movimento” (2015-), do artista Jorge Fonseca, que percorreu diversas cidades do Brasil com sua exposição caravana-circo-teatro-palco-museu. A pluralidade de nomes demonstra limiares pouco discerníveis entre os fenômenos artísticos e a polissemia com a qual os artistas trabalham hoje. Para compreender a amplitude artística, estética e social, vincula-se literatura, cinema, filosofia e sociologia em torno de uma proposta de arte imbricada com a arte contemporânea e com a arte popular, que entrelaça o social e cultural, o icônico e o onírico. Assim, olha-se para outros signos e imagens, por força da invenção artística, com o desejo de deslocar o pensamento teórico ao fluxo e ao movimento experimentados com a obra em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Mol, UFMG

Bárbara Mol é doutora em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais , com linha de pesquisa em Artes Plásticas, visuais e interartes. Doutorado-sanduíche pela Université Sorbonne Nouvelle Paris 3 (out.2018/fev.2019). Mestre em Artes, na área de Arte e Tecnologia da Imagem (UFMG-2014). Graduação em Artes Visuais, habilitação em Desenho (UFMG -2010). Educadora na Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP 2011-2012), educadora de arte no Colégio Cônego Paulo Dilacio (CAOP 2- 2014/2). Professora voluntária no departamentode Arquitetura e Urbanismo da UFOP (2015/2016). Realiza exposições e comunicações com
grupo de artistas em Ouro Preto - MG.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

MOL, B. "Fiotim - O Museu em Movimento": um desvio para o mar. ouvirOUver, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 557–568, 2020. DOI: 10.14393/OUV-v16n2a2020-50737. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/50737. Acesso em: 2 dez. 2022.