Overtone Singing: a surpreendente habilidade de perceber e emitir vocalmente uma série harmônica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV23-v14n2a2018-15

Palavras-chave:

Voz, fonoaudiologia, Overtone Singing, cauda harmônica, canto

Resumo

O presente artigo objetivou compreender o conjunto de técnicas de canto mais popularmente conhecidas no Ocidente como "Overtone Singing", onde um único vocalista parece ser capaz de emitir dois ou mais sons distintos e simultâneos. Através de uma perspectiva etnomusical, fisiológica e acústica, busca-se entender as origens desse fenômeno artístico, bem como o funcionamento da máquina humana no que tange a sua produção. Assim, unem-se ciência e arte pela compreensão holística dos processos imbuídos nessa manifestação cultural tão singular. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre o tema nas bases de dados SciELO e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) através de onze descritores a ele relacionados, além da utilização de conteúdo audiovisual presente no YouTube. Concluiu-se tratar-se de uma manifestação artística que consiste em uma única emissão vocal, em que o vocalista sustenta uma nota fundamental e amplifica, através da ressonância do trato vocal, um harmônico de sua escolha. Fica claro, também, pela escassez de trabalhos, que o tema é, ainda, muito pouco pesquisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geovani Bordiano, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Fonoaudiólogo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Lidia Becker, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO (2011); Mestre em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO (2007); Especialista em Voz pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (2004); Professora Adjunta do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ; Professora visitante do curso de Direção Teatral - UFRJ para ministrar a disciplina Dicção e Interpretação Oral; Graduada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1985) e em Fonoaudiologia pelo Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (2000). Atua em clínica da voz, oralização de surdos, preparação vocal de atores, aperfeiçoamento de sotaque para estrangeiros, estética vocal e alterações gerais da voz e da fala.

Downloads

Publicado

2018-11-28

Como Citar

BORDIANO, G.; BECKER, L. Overtone Singing: a surpreendente habilidade de perceber e emitir vocalmente uma série harmônica. ouvirOUver, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 466–480, 2018. DOI: 10.14393/OUV23-v14n2a2018-15. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/41480. Acesso em: 5 dez. 2022.