A poética da voz que se faz presença

Autores

  • Gisele Vasconcelos

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV16-v11n1a2015-10

Resumo

O texto trata da voz poética no teatro, com ênfase na ausência e presença sob o ponto de vista da emissão sonora e da gestualidade. Propõe uma reflexão acerca da voz, fora das considerações sobre seu conteúdo e referencia procedimentos de práticas teatrais contemporâneas. Na enunciação polifônica, discorre acerca da restauração da voz poética nas relações entre texto escrito e oral, personagem e sujeito narrador, enunciador e espectador, fala e canto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Vasconcelos

Professora do Departamento de Artes da Universidade Federal do Maranhão, atriz contadora do Grupo Xama Teatro, doutoranda em Artes Cênicas, Escola de Comunicação e Artes / USP. Bolsista FAPEMA. vasconcelosgisele@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

2015-12-31

Como Citar

VASCONCELOS, G. A poética da voz que se faz presença. ouvirOUver, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 172–182, 2015. DOI: 10.14393/OUV16-v11n1a2015-10. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/31673. Acesso em: 17 maio. 2022.