Novos rumos para o Drama: August Strindberg e a realização de Rumo a Damasco.

Autores

  • Carlos Afonso Monteiro Rabelo UFG - Faculdade de Letras

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV16-v11n1a2015-9

Palavras-chave:

Dramaturgia, História do Teatro

Resumo

Este artigo comenta a importância de August Strindberg para a dramaturgia do século XX, as principais características de sua obra e o que representa o surgimento de um gênero dramático inédito: a peça-sonho. O enredo da peça e seus símbolos mais importantes exemplificando as intenções do dramaturgo, a suas referências ao teatro medieval e o uso de alegorias. Como se deu a estreia de "Rumo a Damasco" e a visão de Strindberg sobre o teatro, além da recepção da crítica e montagens importantes que se seguiram.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Afonso Monteiro Rabelo, UFG - Faculdade de Letras

Carlos Rabelo é dramaturgo, tradutor e músico. Mestrando da Faculdade de Letras (UFG) com o projeto: "Um estudo metodológico do ensino em dramaturgia: ensaiando para escrever". Professor de dramaturgia no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia e membro do grupo VerusGladiatores

Downloads

Publicado

2015-12-31

Como Citar

MONTEIRO RABELO, C. A. Novos rumos para o Drama: August Strindberg e a realização de Rumo a Damasco. ouvirOUver, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 156–171, 2015. DOI: 10.14393/OUV16-v11n1a2015-9. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/29911. Acesso em: 12 ago. 2022.