U-topia em O Continente de Gustavo Scheffer

Autores

  • Nils Goran Skare

Palavras-chave:

O Continente, Gustavo Scheffer, Jacques Lacan, Utopia, Cinema.

Resumo

Este artigo busca discutir a espacialidade cinematográfica e, para tanto, analisa o curta-metragem O Continente do cineasta paranaense Gustavo Scheffer, à luz da psicanálise lacaniana. São apresentados o conceito de nó borromeano; de metáfora, metonímia, significante fálico e significante-mestre; e de narrativa, ideologia e reificação. Descobre-se no filme uma cena fantasmática ligada à u-topia, relação que é tese deste artigo. Por fim, esboça-se uma tipologia das u-topias cinematográficas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nils Goran Skare

Nils Skare estudou Ciências Sociais e Letras na Universidade Federal do Paraná; é escritor, tradutor e editor, tendo vertido para o português obras como as de E. E. Cummings e Strindberg.

Downloads

Publicado

2011-04-19

Como Citar

SKARE, N. G. U-topia em O Continente de Gustavo Scheffer. ouvirOUver, [S. l.], v. 6, n. 2, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/12293. Acesso em: 14 ago. 2022.