Histórias em quadrinhos do universo Macanudo: um caminho para a formação de leitores críticos

Autores

  • Ana Carolina Langoni IFES
  • Priscila de Souza Chisté

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v32n4a2016-8

Palavras-chave:

formação de leitores, histórias em quadrinhos, ensino de língua portuguesa

Resumo

Este artigo objetiva compreender como a utilização sistematizada dos quadrinhos do Universo Macanudo pode contribuir com a formação do leitor crítico. A proposta envolveu a parceria entre duas professoras de Língua Portuguesa e seis alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola de Cachoeiro de Itapemirim/ES, os quais constituíram um grupo de estudo que se reuniu para participar de oficinas para análise e leitura de quadrinhos. Envolveu também alunos de seis turmas de 9º ano da sala de aula regular, que também realizaram as atividades, e professores de Língua Portuguesa do referido município, que analisaram o material em uma formação de professores. A metodologia utilizada foi a pesquisa colaborativa, pois contou com a participação dos envolvidos para avaliar e repensar as propostas realizadas. As atividades foram desenvolvidas a partir dos estudos de Vigotski sobre a importância da mediação do professor e dos momentos pedagógicos de Saviani. O referencial relativo à formação crítica do leitor dialoga com os conceitos bakhtinianos de linguagem, dialogismo e responsividade. A pesquisa parte do pressuposto de que quadrinhos tendem a contribuir com a formação leitora dos alunos, por serem atrativos e por explorarem jogos de linguagem capazes de aprofundar a leitura e aguçar o espírito crítico. O estudo conclui que os quadrinhos podem formar leitores críticos, desde que haja adequação temática e formal em seu uso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

LANGONI, A. C.; CHISTÉ, P. de S. Histórias em quadrinhos do universo Macanudo: um caminho para a formação de leitores críticos. Letras & Letras, [S. l.], v. 32, n. 4, p. 164–188, 2016. DOI: 10.14393/LL63-v32n4a2016-8. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/35234. Acesso em: 7 ago. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.