DEFINIÇÃO DAS UNIDADES DE RESPOSTA HIDROLÓGICA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SANTA MARIA- RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228457131

Palavras-chave:

SIG, URH, SWAT, Banco de dados

Resumo

O modelo hidrológico Soil and Water Assessment Tool (SWAT) representa um modelo computacional que conjuga uma série de parâmetros físicos e permite simular diversos cenários com variadas condições de manejo do solo e de uso da terra. Este trabalho apresenta uma discussão sobre o método de geração e as características de cada Unidades Hidrológicas geradas no modelo na bacia hidrográfica do rio Santa Maria. A partir das sub-bacias se estabelece os cruzamentos espaciais dos dados de solos, uso da terra, declividade, gerando novas delimitações espaciais chamadas Unidades de Resposta Hidrológica (URH). Para as classes de declividade da área de estudo, foram definidos os limites de 5 e 15%. O mapa base de solos é do IBGE com descrições dos boletins técnicos no Ministério da Agricultura. O uso da terra do IBGE do ano de 2010, sendo que os tipos de usos foram relacionados aos tipos já cadastrados no banco de dados do ArcSWAT. As URHs representam uma combinação do tipo de solo, declividade, uso da terra. Cada sub-bacia apresenta unidades hidrológicas características. A análise das características da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria permitiu avaliar que as unidades de respostas hidrológicas geradas representam de forma satisfatória as heterogeneidades presentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Romario Trentin, Universidade Federal de Santa Maria

Possui Graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria (2004), Mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria (2007) e Doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (2011). Atualmente, é Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geotecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: Bacia Hidrografica, Arenização, Geomorfologia, Uso e Ocupação da Terra, Caracterização Geoambiental e Áreas de Risco.

François Laurent, Le Mans Université

Professor de geografia, possui graduação em geologia - université de Lyon 1 (1990), mestrado em geografia - université de Saint-Etienne (1992) e doutorado em Hidrologia et Hidrogeologia quantitativas - Ecole Nationale Supérieure des Mines de Saint-Etienne (1996) e HDR, Habilitation à Diriger des Recherches (2012). Atualmente é Professor em geografia (Professeur des Universités), na Le Mans Université (ex-université du Maine), França. Pesquisa nas áreas seguintes: 1/ Relações entre agricultura e meio ambiente na escala do território; 2/ Gestão integrada dos recursos hídricos; 3/ Modelização hidrologica na escala de bacias hídrograficas (impactos da agricultura sobre o escoamento e sobre a qualidade). Espaços de analise atuais: Brasil e Franç

Downloads

Publicado

15-12-2021

Como Citar

TRENTIN, R.; ROBAINA, L. E. de S.; LAURENT, F. DEFINIÇÃO DAS UNIDADES DE RESPOSTA HIDROLÓGICA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SANTA MARIA- RS. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 22, n. 84, p. 269–284, 2021. DOI: 10.14393/RCG228457131. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/57131. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos