MAPEAMENTO DE ÁREAS SUSCETÍVEIS À INUNDAÇÃO COMO INFORMAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO E A GESTÃO TERRITORIAL EM BACIA HIDROGRÁFICA

Autores

  • Marlon Domingos Cury Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
  • Nilzo Ivo Ladwig Universidade do Extremo Sul Catarinense
  • Juliana Debiasi Menegasso Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)
  • Thaise Sutil Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)
  • Danrlei De Conto Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC)

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG228356231

Palavras-chave:

Hidrografia, Cartografia, Geoprocessamento

Resumo

Eventos extremos como as inundações têm-se intensificado, tornando-se cada vez mais frequentes, causando prejuízos socioeconômicos. A utilização da cartografia de suscetibilidade à inundação é um importante subsídio para o planejamento e gestão territorial, pois facilita a visualização e interpretação das predições de eventos extremos. A pesquisa tem como objeto de estudo a bacia hidrográfica e como objetivo analisar a suscetibilidade de inundação no domínio do seu limite geomorfológico. Os condicionantes considerados na definição das áreas suscetíveis à inundação foram declividade, altimetria, ordem dos rios (baseada nas ottobacias) e uso e cobertura da terra. Na definição dos pesos dos condicionantes utilizou-se o Método de Análise Hierárquica de Processos em ambiente de Sistema Geográfico de Informações. Os resultados revelaram que a bacia hidrográfica do Rio Urussanga possui aproximadamente 30% de áreas com alta suscetibilidade à inundação, abrangendo grande parte das cidades de Balneário Rincão, Criciúma, Içara, Jaguaruna e Morro da Fumaça. As regiões de menor suscetibilidade à inundação encontram-se nas linhas divisoras de água da bacia, onde predominam as maiores altitudes e declividades. Por fim, o mapeamento possibilitou a utilização dessas informações para determinar áreas prioritárias para a tomada de medidas mitigadoras e prevenção dos impactos negativos decorrentes de eventos de inundação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nilzo Ivo Ladwig, Universidade do Extremo Sul Catarinense

Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais

Downloads

Publicado

04-10-2021

Como Citar

DOMINGOS CURY, M. .; LADWIG, N. I.; DEBIASI MENEGASSO , J. .; SUTIL, T. . .; DE CONTO, D. . MAPEAMENTO DE ÁREAS SUSCETÍVEIS À INUNDAÇÃO COMO INFORMAÇÃO PARA O PLANEJAMENTO E A GESTÃO TERRITORIAL EM BACIA HIDROGRÁFICA . Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 22, n. 83, p. 160–175, 2021. DOI: 10.14393/RCG228356231. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/56231. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos