RESGATANDO A ORIGEM DO FEDERALISMO MODERNO: O CASO BRASILEIRO E SEUS REFLEXOS NA GESTÃO MUNICIPAL

Autores

  • Ricardo Bahia Rios Instituto Federal da Bahia / Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG155226679

Palavras-chave:

Geografia, pensamento político, federalismo.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo trazer para agenda do debate geográfico a questão do federalismo moderno, assim como suas implicações na formação do sistema federalista brasileiro, a partir da perspectiva da pactuação política territorializada. Dessa forma, a fim de problematizar sobre o tema, introduzimos de maneira sintética, e a partir de uma perspectiva geográfica, os principais aspectos que envolvem o atual cenário de debates sobre o conceito. Uma vez, que o pacto federalista brasileiro constitui-se num registro do pensamento político hegemônico de cada período histórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Bahia Rios, Instituto Federal da Bahia / Departamento de Geografia

Possui graduação em Geografia Bacharelado pela Universidade Federal da Bahia (2005), graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal da Bahia (2004)

Downloads

Publicado

12-12-2014

Como Citar

RIOS, R. B. RESGATANDO A ORIGEM DO FEDERALISMO MODERNO: O CASO BRASILEIRO E SEUS REFLEXOS NA GESTÃO MUNICIPAL. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 15, n. 52, p. 162–172 , 2014. DOI: 10.14393/RCG155226679. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/26679. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos