ANÁLISE DO POTENCIAL À EXPANSÃO URBANA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ALMADA (BAHIA)

Autores

  • Adeilan Rocha Oliveira Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Maria Eugênia Bruck de Moraes Universidade Estadual de Santa Cruz

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCG154921878

Palavras-chave:

Meio ambiente, Ocupação urbana, SIG

Resumo

O processo de ocupação urbana dos municípios que englobam a bacia hidrográfica do rio Almada - BHRA (Bahia), semelhante ao ocorrido em todo o Brasil, se caracteriza por um processo desordenado e causador de consequências ao meio ambiente e à qualidade de vida da população. Nesse sentido, esse artigo tem por objetivo contribuir para a gestão ambiental e urbana da bacia através da elaboração de documentos cartográficos que sintetizam o levantamento de áreas potenciais à expansão urbana a partir da aptidão física apresentada pelo local. Para tanto, foram elaboradas as Cartas de Ocupação Urbana, Aptidão Física ao Assentamento Urbano e Potencial à Expansão Urbana. As cartas confeccionadas evidenciaram uma inadequada utilização das áreas do local para fins urbanos, onde os ambientes sem capacidade de suporte apresentaram um consolidado setor urbano, enquanto as áreas com aptidão física favorável evidenciaram uma baixa utilização para o parcelamento urbano. Os principais problemas relacionam-se à ocupação em áreas de encostas e leitos de rios, ambientes fisicamente vulneráveis à urbanização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adeilan Rocha Oliveira, Universidade Estadual de Santa Cruz

Aluno do curso de Bacharelado em Geografia

Maria Eugênia Bruck de Moraes, Universidade Estadual de Santa Cruz

Possui graduação em Ecologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993), mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Universidade de São Paulo (1998), doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (2003) e pós-doutorado em Análise e Planejamento Ambiental pela Universidade Federal de São Carlos. Atualmente é Professora Titular do Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Estadual de Santa Cruz. Tem experiência na área de Ciências Ambientais e Geografia Física, com ênfase em Análise e Planejamento Ambiental de Bacias Hidrográficas, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia da paisagem, planejamento urbano, geoprocessamento e manejo de bacias hidrográficas.

Downloads

Publicado

28-03-2014

Como Citar

OLIVEIRA, A. R.; MORAES, M. E. B. de. ANÁLISE DO POTENCIAL À EXPANSÃO URBANA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ALMADA (BAHIA). Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 15, n. 49, p. 14–26 , 2014. DOI: 10.14393/RCG154921878. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/21878. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos