INDUSTRIALIZAÇÃO E TRABALHADORES: NOTAS DE PESQUISA SOBRE TRABALHO OPERÁRIO GLOBALIZADO

Autores

  • Sérgio Paulo Morais Universidade Federal de Uberlândia
  • Fabiano Silva Santana Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Globalização, Trabalhadores, História Oral

Resumo

Neste texto refletimos sobre a problemática da globalização na perspectiva de trabalhadores da empresa metalúrgica ThyssenKrupp, em São Paulo e Minas Gerais Thyssenkrupp Metalúrgica Santa Luzia S.A. e Sadia S.A. Uberlândia. Explorando a historicidade da luta de classes por meio da experiência vivida em fábrica. O objetivo maior é o de ressaltar determinadas relações estabelecidas entre trabalhadores e empresa, mostrando mudanças nas relações produtivas, nas formas de sociabilidade entre os trabalhadores, transformações nos modos de vidas, a partir de características atuais do trabalho operário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Paulo Morais, Universidade Federal de Uberlândia

Professor dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação do Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia.

Fabiano Silva Santana, Universidade Federal de Uberlândia

Graduando em História pelo Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

27-03-2013

Como Citar

Morais, S. P., & Santana, F. S. (2013). INDUSTRIALIZAÇÃO E TRABALHADORES: NOTAS DE PESQUISA SOBRE TRABALHO OPERÁRIO GLOBALIZADO. Caminhos De Geografia, 14(45). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/16787

Edição

Seção

Artigos