A Cultura Corporal e a mediação do professor de Educação Física na Educação Infantil

Conteúdo do artigo principal

Roberson Rodrigues Lupion
https://orcid.org/0000-0002-9132-2288
Jaqueline Delgado Paschoal

Resumo

O objetivo deste estudo é discutir a relevância do professor de Educação Física para o aprendizado da criança pequena na Educação Infantil. Por meio das atividades da Cultura Corporal (jogos, brincadeiras, esportes, ginásticas, lutas etc.), esse profissional contribui para o desenvolvimento integral da criança ao priorizar as relações entre corpo, natureza e cultura, superando os conceitos biologicistas, como os discursos da aptidão física, da aprendizagem motora e do desenvolvimento motor. Como metodologia, optou-se pela pesquisa bibliográfica, tomando por base a Teoria Histórico-Cultural, a Pedagogia Histórico-Crítica e a abordagem Crítico-Superadora, fundamentando-se no materialismo histórico e dialético, em defesa do ensino e da humanização por meio do ensino planejado, sistematizado e mediado pelo professor. O intuito é buscar elementos para avançar e compreender a relação da práxis pedagógica e a aprendizagem dos conteúdos da disciplina de Educação Física para as crianças pequenas. Mediante este estudo, foi possível inferir a importância do professor especialista no ato de planejar suas ações pedagógicas, efetivando a socialização de conhecimentos científicos da referida disciplina na Educação Infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Lupion, R. R., & Paschoal, J. D. (2022). A Cultura Corporal e a mediação do professor de Educação Física na Educação Infantil . Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 6(1), 246–258. https://doi.org/10.14393/OBv6n1.a2022-59149
Seção
VARIA/VARIES
Biografia do Autor

Roberson Rodrigues Lupion, Universidade Estadual de Londrina - Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina. Professor de Educação Física (Educação Infantil e Anos Iniciais), na Prefeitura Municipal de Cambé-PR.

Jaqueline Delgado Paschoal, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Brasil

Pós-Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP (Campus de Assis). Docente no Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina.

Referências

ARCE, A. É possível falar em pedagogia histórico crítica para pensarmos a educação infantil? Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 5-12, dez. 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9695.

BRACHT, V.. Cultura Corporal, Cultura de Movimento ou Cultura Corporal de Movimento? In: SOUZA JÚNIOR, Marcílio (org.). Educação Física Escolar: teoria e política curricular, saberes escolares e proposta pedagógica. Recife: EDUPE, 2005. p. 97-106.

BRACHT, V. Educação Física e aprendizagem social. Porto Alegre: Magister, 1992.

BRASIL. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Diário Oficial da União, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Acesso em: 25 jul. 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em:

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf. Acesso em: 18 jul. 2021.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/diretrizescurriculares_2012.pdf. Acesso em 17 jul. 2021.

BRASIL. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília: MEC: 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/rcnei_vol1.pdf. Acesso em: 16 jul. 2021.

CASTELLANI FILHO, L; SOARES, C. L.; TAFFAREL, C. N. Z.; VARJAL, E.; ESCOBAR, M. O.. Metodologia do Ensino da Educação Física. 2. ed. rev. São Paulo: Cortez, 2009.

LIMA, D. T. de; HUNGER, D.. Educação Física escolar: crianças em movimento aprendendo criticamente o viver social. 1. ed. Curitiba: Appris, 2019.

MARTINS, L. M.; MARSIGLIA, A. C. G.. Contribuições para a sistematização da prática pedagógica na Educação Infantil. Cadernos de Formação RBCE, Porto Alegre, v. 6, n. 1, p. 15-26, mar. 2015. Disponível em: http://revista.cbce.org.br/index.php/cadernos/article/download/2079/1035. Acesso em: 25 jul. 2021.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, 2013.

RODRIGUES, A. T.; CAUPER, D. A. C.; ANDRADE, L. C. de; MARTINS, P. de C. (org.). O Ensino da Educação Física na Educação Infantil: reflexões teóricas e relatos de experiências com a Cultura Corporal na primeira etapa da Educação Básica. Curitiba: CRV, 2019.

SAVIANI, D.. Escola e Democracia. 25. ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1991.

TAFFAREL, C. Z.. Pedagogia Histórico-Crítica e Metodologia de Ensino Crítico-Superadora da Educação Física: Nexos e Determinações. Nuances: estudos sobre Educação, Presidente Prudente, v. 27, n. 1, p. 5-23, jan./abr. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v27i1.3962.