Sobre o sentido na obra de Leontiev notas a partir de sua biografia

Conteúdo do artigo principal

Flávia Gonçalves da Silva
https://orcid.org/0000-0002-9222-2406

Resumo

O objetivo deste texto é apresentar os principais aspectos biográficos de Leontiev, tendo como referência sua obra, e identificar algumas lacunas, apontadas tanto por seus críticos como por seus continuadores, especificamente nos estudos sobre o sentido. Foram utilizadas obras de Leontiev e textos de alguns de seus continuadores e estudiosos. O sentido, como conteúdo da consciência, revela a dimensão afetivo-emocional do motivo da atividade para o indivíduo, possibilitando também a (re)criação da realidade externa no psiquismo, formando o reflexo psíquico. A consciência é construída na atividade do indivíduo é, para Leontiev, a categoria de análise que tem prioridade ontológica, seguindo a tradição marxista que aponta a centralidade do trabalho na formação humana. Apesar de ser um conteúdo da consciência, o sentido pessoal pode ser oculto, no entanto, Leontiev não fez apontamentos sobre quais implicações estes poderiam promover no psiquismo. Alguns de seus continuadores propuseram que os motivos ocultos podem possibilitar novas formações psíquicas, constituindo as formações da personalidade baseadas no sentido pessoal. Entende-se que tais apontamentos possibilitam melhor compreensão sobre o desenvolvimento e aprendizagem (bem como de outros processos) ao mesmo tempo em que pode sinalizar novos rumos para os estudos do sentido a partir da obra do autor. Esse avanço nos aspectos teóricos de Leontiev ocorre quando sua obra é entendida como inacabada e inserida numa teoria psicológica que foi construída por vários autores, que, apesar das diferenças, tiveram como projeto a construção de uma psicologia que entendesse o homem em sua totalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Silva, F. G. da. (2020). Sobre o sentido na obra de Leontiev : notas a partir de sua biografia. Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 4(3), 793–817. https://doi.org/10.14393/OBv4n3.a2020-58437
Seção
Varia/Varies

Referências

ALMEIDA, S.H.V. Psicologia Histórico-cultural da memória. 2008. 277f. Tese (Doutorado em Educação: Psicologia da Educação) Pontíficia Universidade Católica de São Paulo. 2008.

ASMOLOV, A. G.; BRATUS, B. S.; ZEIGARNIK, B. V. PETROVISK, V. A.; SUBBOTSKII, E. V. KHARASH, A. V.; TVETSKOVA, L. S. One some prospects of research on sense-based formations of the personality]. Journal of Russian an East European Psychology. vol. 43, n. 6, nov/dez, 1979/2005, p. 5-18. DOI: https://doi.org/10.1080/10610405.2005.11059274

BOZHOVICH, L. I. Estado de las investigaciones de la personalidad em la psicologia contemporânea. In: Bozhovich, L. I. La personalidad y su formación en la edad infantil. Havana, Cuba: Editorial Pueblo y Educacion, 1981, p. 56-114.

BROZEK, J., SLOBIN, D. (edited) Psychology in the URSS: an historical perspective. New York: International Arts an Sciences Press, 1972, 301f.

GOLDER, M. (org.) Leontiev e a psicologia histórico-cultural: um homem em seu tempo. São Paulo: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Atividade Pedagógica/Xamã, 2004, 151f.

LEONTIEV, A. N. As necessidades e os motivos da atividade. In: LONGAREZI, A.M.; PUENTES, R.V. (orgs) Ensino desenvolvimental: antologia Livro I. Tradutores Ademir Damazio et al. Uberlândia, MG: EDUFU, 1961/ 2017) p.39-57. DOI: https://doi.org/10.14393/edufu-978-85-7078-433-9

LEONTIEV, A. N. Necessidades, motivos e emoções. 1971. Disponível em: http://bookap.info/clasik/leontev_potrebnosti_motivy_i_emotsii/gl1.shtm.

LEONTIEV, A. N. La importancia del concepto de actividad objetal para la psicologia. In: ROJAS, L. Q.; SOLOVIEVA, Y. Las funciones psicológicas en el desarrollo del niño. México: Trillas, 1972/2009, p. 54-63.

LEONTIEV, A. N. Lektsiya 47: Funktsiya chuvstv i motivov [Aula 47: Função formadora do sentido e do motivo]. In: Leontiev, A. N. Zanyatiya po obshchey psikhologii [Aulas de psicologia geral]. Moscou: Smissa, 1973-1975/2000, p. 449-460. Disponível em: http://bookap.info/clasik/leontyev/.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte, 1978a, 350f.

LEONTIEV, A. N. Actividad, consciencia y personalidad. Buenos Aires: Ciencia del hombre, 1978b, 249f.

LEONTIEV, A. N. Artículo de introducción sobre la labor creadora de L. S. Vygotski, por A. N. Leontiev. In: VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas, Tomo I 2. ed. Madri: Visor/MEC, 1979/1997, p. 419-450.

LEONTIEV, A. N. Actividad e consciência. In: MAGALHÃES-VILHENA, V. (org.) Práxis: a categoria materialista de prática social. Volume II. Lisboa: Livros Horizonte, 1980, p. 49-77.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem.Tradução Maria da Pena Villalobos. 11. ed. São Paulo: Ícone, 1988, p. 59-84.

LEONTIEV, A. N. A imagem do mundo. In: GOLDER, M. (org.) Leontiev e a psicologia histórico-cultural: um homem em seu tempo. São Paulo: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Atividade Pedagógica/Xamã, 2004a, p. 48-64.

LEONTIEV, A. N. Ninguém nasce personalidade. In: GOLDER, M. (org.) Leontiev e a psicologia histórico-cultural: um homem em seu tempo. São Paulo: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Atividade Pedagógica/Xamã, 2004b, p.115-132.

LONGAREZI, A. M. & FRANCO, P. L. J. A. N. Leontiev: a vida e a obra do psicólogo da atividade. In: LONGAREZI, A. M. & PUENTES, R. V. (orgs.) Ensino desenvolvimental: vida, pensamento e obra dos principais representantes russos. Uberlândia, MG: EDUFU, 2013, p.67-110. DOI:

NUNÑEZ, I. B. Vygotsky, Leontiev, Galperin: formação de conceitos e principios didáticos. Brasília: Liber Livro, 2009, 2016f.

REY, F. G. Reflexões sobre o desenvolvimento da psicologia soviética: focando algumas omissões da interpretação ocidental. Psicologia & Sociedade, 24(2), 2012, p.263-271. Disponível em DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822012000200003.

TUNES, E, & PRESTES, Z. Vigotski e Leontiev: ressonâncias de um passado. Cadernos de Pesquisa, 39(136), 2009, p.285-314. Disponível em DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742009000100014.

VYGOTSKI, L. S. Historia del desarrollo de las funciones psíquicas superiores. In: VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas, Tomo III. Madri: Visor/MEC, 1931/1995), p. 11-340.

VYGOTSKI, L. S. Pensamiento y lenguaje. In: VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas. Madri: A Machado libros, 1934/2001, p. 9-348.