A oficina pedagógica de matemática como atividade

Conteúdo do artigo principal

Maria Lucia Panossian
https://orcid.org/0000-0001-5847-4485
Adnielson Lima da Silva
https://orcid.org/0000-0002-3324-4920
Fabiana Pallu
Luciana Schreiner de Oliveira
https://orcid.org/0000-0002-5306-1523

Resumo

Este artigo pretende evidenciar os princípios que regem a organização da Oficina Pedagógica de Matemática como ação de extensão estruturada como atividade, destacando necessidades dos professores, objeto e objetivos das ações, o trabalho colaborativo, a situação desencadeadora de aprendizagem, a Atividade Orientadora de Ensino. Também são apresentados os resultados obtidos a partir do desenvolvimento durante o ano de 2015 das Oficinas Pedagógicas de Matemática como um projeto de extensão oferecido aos professores da rede estadual do Paraná e vinculado ao Departamento Acadêmico de Matemática da UTFPR - Câmpus Curitiba. Destaca-se a importância de ações como esta no ambiente universitário que, sendo estruturadas como atividade, aliam pesquisa e extensão possibilitando a formação continuada de professores.


 


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Panossian, M. L., Silva, A. L. da, Pallu, F., & Oliveira, L. S. de. (2018). A oficina pedagógica de matemática como atividade . Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 1(4), 14–39. https://doi.org/10.14393/OBv2n1a2018-2
Seção
Dossiê Cont. teórico-metodológicas da Teoria Histórico-Cultural para a Educ Mat

Referências

BOYER, C.B. História da matemática. 2.ed. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda., 1996.

CEDRO, W. L. O espaço de aprendizagem e atividade de ensino: o clube de matemática. 2004, 157f. Dissertação (Mestrado em Educação: Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

DAVIS, C.L.F.; NUNES, M. M.R; ALMEIDA, P.C.A.A. Formação continuada de professores: uma análise das modalidades e das práticas em estados e municípios brasileiros.Relatório Final. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, Fundação Victor Civita, Junho, 2011.

DAVYDOV, V.V. Tipos de generalización em La enseñanza. Habana: Editorial Pueblo y Educación, 1982.

EVES, H. Introdução à história da matemática.Campinas, Ed. Unicamp, 1995.

HIROSHI, M. 1ª Pista de Skate Pública do Piauí. Revisa Cemporcento Skate, Piauí, jun. 2007. Disponível em:<http://www.cemporcentoskate.com.br/fiksperto.php?id=3068>. Acesso em: 09 jun.2015.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte Universitário, 1975.

______.Actividad, conciencia, personalidad. 2. ed. Havana: Pueblo y Educación, 1983.

______.Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In:VIGOTSKI, L.S.;LURIA, A.R, LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento aprendizagem. Ícone Editora, 1994.

MORAES, S.P.G.; ARRAIS, L.F.L.; GOMES, T.S.; GRACILIANO, E.C. VIGNOTO, J. Pressupostos teórico-metodológicos para formação docente na perspectiva da teoria histórico-cultural. Revista Eletrônica de Educação, v. 6, n. 2, nov. 2012. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, Brasil.

MORETTI, V. D.; MOURA, M.O. de. Professores de matemática em atividade de ensino: contribuições da perspectiva histórico-cultural para a formação docente. Ciência & Educação,v.17, n.2, p.435-450, 2011.

MOURA, M.O.de. A construção do signo numérico em situações de ensino. Doutorado em Educação. Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo. 1992.

MOURA, M.O.de (coord). Controle da variação de quantidades: atividades de ensino. São Paulo, FEUSP, 1996.

MOURA, M. O. A atividade de ensino como ação formadora. In: CASTRO, A. D.; CARVALHO, A. M. P. (Orgs.). Ensinar a ensinar. São Paulo: Pioneira, 2001. P. 143-162.

______. A atividade pedagógica na teoria histórico cultural. Brasília: Liber Livro, 2010.

MOURA, M.O.de; SFORNI, M.; ARAÚJO, E. Objetivação e apropriação de conhecimentos na atividade orientadora de ensino. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 39-50, jan/abr. 2011.

SILVA, A. L.; PALLU, F.; PANOSSIAN,M.L.; SCHREINER, L.. Skate de dedo e as relações trigonométricas no triângulo retângulo. In: XII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2016, São Paulo. Anais do 12º Encontro Nacional de Educação Matemática, 2016.

SOUSA, M.C.; PANOSSIAN, M.L.; CEDRO, W. Do movimento lógico e histórico à organização do ensino: o percurso dos conceitos algébricos.1. ed. Campinas: Mercado de Letras, 2014. 184p.

VIGOTSKI, L.S. A construção do pensamento e da linguagem.São Paulo, Brasil: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKY. Obras escogidas. Tomo V. Madri: Visor, 1997.