A Sociologia no Ensino Médio Princípios e ações didáticas orientadoras de um ensino que possibilite o desenvolvimento de adolescentes em uma perspectiva Histórico-Cultural

Conteúdo do artigo principal

Leandro Montandon de Araújo Souza
https://orcid.org/0000-0002-0921-3286

Resumo

A educação, apesar de se constituir enqunto um rico espaço de debate e produção científica, vivencia teimosamente a manutenção e intensificação de seus problemas e desafios, além do contínuo surgimento de outros tantos, fazendo permanente a necessidade de realização de novas investigações que busquem a superação destas dificuldades. É exatamente com essa motivação que todo o esforço investigativo da dissertação de mestrado, aqui resumidamente apresenta, foi desenvolvido. Por um lado, encontram-se inúmeras pesquisas científicas que se dedicaram ao estudo dos problemas relativos à formação de professores no Brasil (BRZEZINSKI; GARRIDO, 2001; RAMALHO ET. AL., 2002; ALVARADO PRADA; VIEIRA; LONGAREZI, 2012; LIBÂNEO, 2011; GATTI, 2010), em outras tantos, mas ainda na mesma linha, encontram-se pesquisas que demonstram o modo como professores reivindicam metodologias de ensino e uma didática que os instrumentalize frente aos diversos desafios que encontram em sala de aula, em especial, a indisciplina e o ensino de conteúdos específicos (FRANCO, 2009; LONGAREZI; PUENTES, 2011a, 2011b; ALVARADO PRADA; VIEIRA; LONGAREZI, 2012).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Souza, L. M. de A. (2017). A Sociologia no Ensino Médio: Princípios e ações didáticas orientadoras de um ensino que possibilite o desenvolvimento de adolescentes em uma perspectiva Histórico-Cultural . Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 1(1), 247–257. https://doi.org/10.14393/OBv1n1a2017-11
Seção
Resumo de Teses e Dissertações

Referências

ALVARADO-PRADA, Luis Eduardo; VIEIRA, Vania Maria; LONGAREZI, Andréa Maturano. Pós-graduação e pesquisas em formação de professores: 2003 a 2007. Revista Brasileira de Pós-graduação – RBPG, Brasília, v. 9, n. 16, p. 29-55, abr. 2012.

BRZEZINSKI, Iria; GARRIDO, Elsa. Análise dos trabalhos do GT Formação de Professores: o que revelam as pesquisas do período 1992-1998. Revista Brasileira de Educação, n.18, p.1-19, set./out./nov./dez. 2001.

FRANCO, Patrícia Lopes Jorge. Significado social e sentido pessoal da formação continuada de professores: o caso de Ituiutaba/MG. 2009. 231f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Uberaba, Uberaba, 2009.

GATTI, Bernadete Angelina. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Revista Educação e Sociedade. Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-1379, out/dez. 2010.

HANDFAS, A. O Estado da Arte no ensino de Sociologia na Educação Básica: um levantamento preliminar da produção acadêmica. Inter-ligere, Natal, v. 11, n. 9, p. 386-400, jul./dez. 2011.

LIBÂNEO, José Carlos. Panorama do ensino da didática, das metodologias específicas e das disciplinas conexas nos cursos de Pedagogia: repercussões na qualidade da formação profissional. In: LONGAREZI, Andréa Maturano; PUENTES, Roberto Valdés (Org.). Panorama da didática: ensino, prática e pesquisa. Campinas. São Paulo: Papirus, 2011, p. 11-50.

LONGAREZI, Andréa Maturano. Didática desenvolvimental no contexto da escola pública brasileira: modos e condições para um ensino que promova o desenvolvimento. Projeto de Pesquisa. Brasília: CAPES/OBEDUC, 2012.

LONGAREZI, Andréa Maturano, PUENTES, Roberto Valdés. Didática na pós-graduação: pesquisas e produções. Linhas Críticas (UnB), Brasília, v. 17, p. 583-608, 2011a.

_____. (Org.). Panorama da didática: ensino, prática e pesquisa. 1ed. Campinas: Papirus/FAPEMIG, 2011b.

RAMALHO, Betânia Leite; NÚÑEZ, Isauro Beltrán; TERRAZZAN, Eduardo; ALVARADO PRADA, Luis Eduardo. A pesquisa sobre a formação de professores nos programas de pósgraduação em Educação: o caso do ano 2000. In: Reunião Anual da ANPED. 25, 2002. Caxambu. Anais eletrônicos. Rio de Janeiro: ANPED, 2002, p.01-15.

SOUZA, Leandro Montandon de Araújo. A sociologia no Ensino Médio: princípios e ações didáticas orientadoras de um ensino que possibilite o desenvolvimento de adolescentes em uma perspectiva histórico-cultural. 2016. 209 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/18148>. Acesso em: 01 abr. 2017.

VIGOTSKI, Lev Semenovitch. A transformação socialista do homem. Tradução de Nilson Dória. Marxists Internet Archives,1930/2004, s/p. Disponível em:<http://www.marxists.org/portugues/vygotsky/1930/mes/transformacao.htm>. Acesso em: 26 jun. 2015.

_____. Estudio del desarrollo de los conceptos científicos en la infancia. In:_____. Pensamiento y habla. Tradução para o espanhol por Alejandro Ariel González. Buenos Aires: Colihue, 1934/2012, cap. 6, p. 265-422.

_____. The psychology of art. [S.l.: s.n.], 1971. Disponível em: <https://www.marxists.org/archive/vygotsky/works/1925/index.htm>. Acesso em: 22 jul. 2016. (Original de 1925).

_____. Psicologia Concreta do Homem. (Traduzido do original russo, publicado no Boletim da Universidade de Moscou, Série 14, Psicologia, 1986, n. 1, por A. A. Puzirei e gentilmente cedido pela filha de Vigotski, G. L. Vigotskaia. Tradução: Alexandra Marenitch; assistente de tradução: Luís Carlos de Freitas; revisão técnica: Angel Pino). Revista Educação & Sociedade, Universidade de Campinas, v. 21, n. 71, p.21-44, jul. 2000.

_____. The problem of the environment. In: J. VALSINER (Ed.) The Vygotsky Reader(p.338-354). Oxford, UK: Blackwell Publishers, 1994 (Trabalho original publicado em 1935).

_____. Psicologia da arte. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes. 1999.

_____. A construção do pensamento e da linguagem. Tradução: Paulo Bezerra. Martins Fontes: São Paulo. 2001.

_____. Psicologia Pedagógica. Tradução Paulo Bezerra. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

_____. Quarta aula: a questão do meio na pedologia. Psicologia USP, São Paulo, v. 21, n. 4, p. 681-701, jan. 2011. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/psicousp/issue/view/3464>. Acesso em: 22 jul. 2016.

_____. Imaginação e criatividade na infância. São Paulo: WMF Martins Fontes Ltda, 2014.

VYGOTSKI, Lev Semenovitch. Obras escogidas. Tomo IV. Paidologia del adolescente. Problemas de la psicologia infantil. Madrid: Machado Libros, 2012.