ENSAIO CLÍNICO DA TÉCNICA DE PLACAS DUPLAS DE NEUTRALIZAÇÃO SOBREPOSTAS PARA OSTEOSSÍNTE DE OSSOS LONGOS EM PEQUENOS ANIMAIS

Autores

  • Gustavo Colombo Universidade Federal de Uberlândia
  • Francisco Cláudio Dantas Mota
  • Geison Morel Nogueira
  • Aracelle Elisane Alves
  • Marina Fagundes de Paula

DOI:

https://doi.org/10.14393/VTv22n2a2016.33372

Palavras-chave:

Fraturas , Cães, Gatos, Placas

Resumo

O tratamento de fraturas tem como objetivo a consolidação óssea e o retorno precoce da função do membro. A escolha do método de fixação envolve vários fatores relacionados ao individuo e ao proprietário. A associação de duas placas colocadas em diferentes faces do osso foi recentemente descrita por alguns autores com intuito de conferir maior resistência ao sistema. Foram realizadas osteossínteses em 5 casos onde foram aplicadas a técnica de duas placas sobrepostas como método de fixação de fraturas em ossos longos. Através de acompanhamentos radiográficos os animais apresentaram consolidação entre 45 e 120 dias. Nos relatos em questão a associação de placas sobrepostas foi um recurso viável, não apresentaram complicações e propiciaram retorno funcional precoce do membro afetado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-10-19

Como Citar

Colombo, G., Dantas Mota, F. C., Nogueira, G. M., Alves, A. E., & de Paula, M. F. (2016). ENSAIO CLÍNICO DA TÉCNICA DE PLACAS DUPLAS DE NEUTRALIZAÇÃO SOBREPOSTAS PARA OSTEOSSÍNTE DE OSSOS LONGOS EM PEQUENOS ANIMAIS. Veterinária Notícias, 22(2). https://doi.org/10.14393/VTv22n2a2016.33372