Legislation and management for risks reduction related to floods in São Paulo/SP, Brazil
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

Keywords

Risk management
Floods
Legislation

How to Cite

AMARAL, R.; ROSS, J. Legislation and management for risks reduction related to floods in São Paulo/SP, Brazil. Sociedade & Natureza, [S. l.], v. 32, p. 525–538, 2020. DOI: 10.14393/SN-v32-2020-49531. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/49531. Acesso em: 2 mar. 2024.

Abstract

Flooding in urban areas causes problems related to traffic, damage in businesses and homes. Historically, although several environmental laws have restricted the use of river plains, many of these areas have been occupied and regularized by local governments. Inaccuracy and overlapping of laws also facilitated misinterpretations and violations. This article aims to analyze the risk management instruments provided for in Brazilian legislation and their application in areas frequently affected by floods. The case study was applied to the Ipiranga Stream Basin, in São Paulo / SP, where occurred 82 flood events were observed over a 52-year period, predominantly between 2010 and 2017, with human, material and economic damage. The various structural measures employed so far have not been sufficient to solve the problems. Although some laws indicate readjustments of use in areas affected by floods, but these changes rarely occur. It is observed that over time, the legislation that involves the phenomenon of flooding presents a paradigm shift, where the initial focus on environmental protection of the areas of permanent preservation, migrates to disaster risk management.

https://doi.org/10.14393/SN-v32-2020-49531
PDF-pt (Português (Brasil))
PDF-en

References

AMARAL, R.; RIBEIRO, R.R. Inundações e enchentes. In: TOMINAGA, L. K.; SANTORO, J.; AMARAL, R. (Org.) Desastres naturais: conhecer para prevenir. São Paulo: Instituto Geológico, 2009.

ANELLI, R. L. S. Uma nova cidade para as águas urbanas. Estudos Avançados v. 29, n.84, p. 69-84, 2015. https://doi.org/10.1590/S010340142015000200005

BRASIL. Lei nº 4.771 de 15 de setembro de 1965. Institui o Novo Código Florestal. Disponível em: <https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-4771-15-setembro-1965-369026-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso em 12 nov. 2016.

BRASIL. Lei nº 6.766 de 19 de dezembro de 1979 (Lei Lehmann). Dispõe sobre o parcelamento do solo urbano e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6766.htm>. Acesso em 17 fev. 2020.

BRASIL. Lei nº 6.938 de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6938.htm>. Acesso em 20 jun. 2019.

BRASIL. Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9605.htm>. Acesso em 20 jun. 2019.

BRASIL. Resolução CONAMA nº 303 de 20 de março de 2002. Dispõe sobre parâmetros, definições e limites de áreas de Preservação Permanente. Disponível em: <http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=299>. Acesso em 21 jun. 2019.

BRASIL. Lei nº 12.608 de 10 de abril de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil - PNPDEC; dispõe sobre o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil - SINPDEC e o Conselho Nacional de Proteção e Defesa Civil - CONPDEC; autoriza a criação de sistema de informações e monitoramento de desastres; altera as Leis nos 12.340, de 1o de dezembro de 2010, 10.257, de 10 de julho de 2001, 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 8.239, de 4 de outubro de 1991, e 9.394, de 20 de dezembro de 1996; e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12608.htm>. Acesso em 12 nov. 2016.

BROLLO, M. J.; FERREIRA, C. J. Gestão de riscos de desastres devido a fenômenos geodinâmicos no Estado de São Paulo: Cenário 2000-2015. Boletim do Instituto Geológico nº 67. São Paulo: IG / SMA, 2016. 72p. Disponível em: <http://igeologico.sp.gov.br/files/2016/10/boletim_IG_vol_67.pdf>.

CARVALHO, C. S.; MACEDO, E. D.; OGURA, A. T. Mapeamento de riscos em encostas e margem de rios. Brasília: Ministério das Cidades, 2007.

CUNHA, M. I. R. Inundações brasileiras – uma questão de política pública. Congresso virtual brasileiro–Administração, Vol. 9, 2012. Disponível em: <http://convibra.org/upload/paper/2012/38/2012_38_4784.pdf>. Acesso em 12 nov. 2016.

CUSTÓDIO, V. A persistência das inundações na Grande São Paulo. Tese de Doutorado, Departamento de Geografia, FFLCH, Universidade de São Paulo, 2002.

IG - INSTITUTO GEOLÓGICO (2009) - Banco de Dados Históricos de Desastres Naturais Relacionados a Eventos Climáticos na Baixada Santista, http://200.144.28.233/dnbs/busca.php, acesso em 16 fev. 2015.

JHA, A.K.; BLOCH, R.; LAMOND, J. Cidades e Inundações – um guia para a gestão integrada do risco de inundação urbana para o século XXI. Um resumo para os formuladores de políticas. Washington, D.C.: The World Bank, GFDRR, 2012. Disponível em: <http://documents.worldbank.org/curated/en/927951468152965134/Cidades-e-Inunda%C3%A7%C3%B5es-Um-guia-para-a-Gest%C3%A3o-Integrada-do-Risco-de-Inunda%C3%A7%C3%A3o-Urbana-para-o-S%C3%A9culo-XXI>. Acesso em: 12 nov. 2016.

KANASHIRO, W. H. Uma nova proposta para a macrodrenagem do Rio Tietê. In: Revista Engenharia nº 613, p. 80-85, 2013. Disponível em: <https://issuu.com/www.viapapel.com.br/docs/613_baixa>. Acesso em: 16 jan. 2019.

PMSP - PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO, Obras de controle de inundações na Bacia do Riacho do Ipiranga. Estudo de Viabilidade Ambiental (EVA), Caracterização do empreendimento, Volume 1, 2014.

PMSP - PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO – Acervo Fotográfico do Museu da Cidade de São Paulo, 2018. Disponível em: <http://www.acervosdacidade.prefeitura.sp.gov.br/PORTALACERVOS/ExibirItemAcervo.aspx?id=470935>. Acesso em 29 set 2018.

RODRIGUES, C. Atributos ambientais no ordenamento territorial urbano. O exemplo das planícies fluviais na Metrópole de São Paulo. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), v. 19, n. 2, p. 324-347, 2015. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/102805>. Acesso em: 24 fev. 2020.

ROLNIK, R. Lei e Política: a construção dos territórios urbanos. Projeto História: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados de História, v. 18, 1999.

SANTOS, A. P.; AMARAL, R. Levantamento histórico de dados de inundação do córrego Ipiranga – São Paulo/SP, Caderno de Resumos do 7º Seminário de Iniciação Cientifica PIBIC. São Paulo: Instituto Geológico, 2017. Disponível em: <http://igeologico.sp.gov.br/files/2018/02/RESUMOS_7-SIC-IG_2016.pdf>. Acesso em 18 ago. 2018

SÃO PAULO (CIDADE). Lei nº 16.050, de 31 de julho de 2014. Aprova a Política de Desenvolvimento Urbano e o Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo e revoga a Lei nº 13.430/2002. Diário Oficial da Cidade de São Paulo de 01 ago. 2014. Disponível em: . Acesso em: 02 abr. 2018.

SÃO PAULO (ESTADO). Lei nº 13.798, de 09 de novembro de 2009. Institui a Política Estadual de Mudanças Climáticas – PEMC. Disponível em: <https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei/2009/lei-13798-09.11.2009.html>. Acesso em: 05 abr. 2018.

SÃO PAULO (ESTADO). Decreto Estadual nº 57.512, de 11 de novembro de 2011. Institui o Programa Estadual de Prevenção de Desastres Naturais e de Redução de Riscos Geológicos e dá providências correlatas. Disponível em: <https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/2011/decreto-57512-11.11.2011.html>. Acesso em: 05 abr. 2018.

SEABRA, O. C. D. L. Os meandros dos rios nos meandros do poder: Tietê e Pinheiros–valorização dos rios e das várzeas na cidade de São Paulo. Tese de Doutorado. São Paulo: USP/FFLCH, 1987.

SWISS RE Institute (2017) Natural catastrophes and man-made disasters in 2016: a year os widespread damages. Disponível em: <http://institute.swissre.com/research/library/NatCat_and_manmade_disasters_2016.html>. Acesso em 23 abr. 2017.

TAVARES, A.C; SILVA, A.C.F. Urbanização, chuvas de verão e inundações: uma análise episódica. Climatologia e Estudos da Paisagem. Rio Claro. v. 3, n.1., 2008.

TRAVASSOS, L. R. F. C. A dimensão socioambiental da ocupação dos fundos de vale urbanos no Município de São Paulo. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental da USP (PROCAM/USP). São Paulo: PROCAM, 2004.

TUCCI, C. E. M. Drenagem urbana. Porto Alegre: ABRH- Editora UFRGS, 1ª Ed., 1995.

TUCCI, C. E. M. Hidrologia Ciência e Aplicação. Porto Alegre: ABRH- Editora UFRGS, 3ª ed., p. 621-658, 2002.

TUCCI, C. E. M. Inundações e drenagem urbana. Inundações Urbanas na América do Sul, Porto Alegre: ABRH, p. 45-129, 2003.

UNISDR – United Nations Office for Disaster Risk Reduction. Terminology. Disponível em: <https://www.unisdr.org/we/inform/terminology>. Acesso em 14 mai. 2018.

Authors hold the Copyright for articles published in this journal, and the journal holds the right for first publication. Because they appear in a public access journal, articles are licensed under Creative Commons Attribution (BY), which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...