Gastos Públicos e Crescimento Econômico: um Recorte para Pernambuco entre de 2008 e 2015

Autores

  • João Erick Alexandre Barbosa Costa Universidade Federal de Sergipe
  • Sonia Rebouças da Silva Melo Universidade Federal de Pernambuco
  • Monaliza de Oliveira Ferreira Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v36n1a2021-49573

Resumo

O objetivo do trabalho consiste em analisar a relação entre as variáveis que compõem os dispêndios públicos e o PIB dos munícipios pernambucanos nos anos de 2008 a 2015. O modelo estimado utilizou um painel de Efeitos Fixos, com dados sobre gastos per capita em nível municipal do Estado de Pernambuco em educação, cultura, saúde e saneamento. Em linhas gerais, conclui-se que os gastos per capita em educação mostraram-se diretamente relacionados com o crescimento econômico, corroborando estudos anteriores apontados na literatura nacional. Mas não houve relação positiva entre o produto interno e variáveis como saúde, saneamento, habitação e urbanismo. Diferenças regionais entre as unidades federativas de país continental e questões institucionais podem justificar tais resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Edição

Seção

Artigos